Memória

Eu estudei em Adamantina! E você?

Relatando um pouco das lembranças estudantis de Adamantina.

Tiago Rafael Colunista
Tiago Rafael
Desfile Cívico na administração do prefeito Antonio Cescon ? 1961/1965, mostra exaltaçao aos políticos (Acervo: Arquivo Histórico Municipal). Desfile Cívico na administração do prefeito Antonio Cescon ? 1961/1965, mostra exaltaçao aos políticos (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Neste último mês, retornei à terrinha, depois de alguns meses trabalhando na Capital da Amizade (Lucélia), volto a lecionar na EE Helen Keller. Brinco e costumo dizer aos meus alunos que, desde o dia em que lá entrei, nunca mais saí. De fato, estudei lá desde a Pré-escola até o Ensino Médio (Ah... e depois fiquei por lá a trabalho!), mas há de se ressaltar que também passei por outras Unidades Escolares daqui.

Pois bem, tal retorno me suscitou algumas recordações e lembranças daquele local. Inúmeras e incontáveis foram as pessoas que por lá passaram, estudando ou trabalhando e que com certeza deixaram a sua marca e com certeza “fizeram história”. Muitos se aposentaram, mudaram de cidade, outros infelizmente nos deixaram e um “bom tanto” estão por aí, na terrinha, em outras funções e atividades.

Fanfarra do Madre Clélia (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Desfile cívico, na altura da Rua Deputado Salles Filho, na década de 60 (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Desfile Cívico com alunos do Colégio Ateneu Bento da Silva (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Fanfarra do Ginásio Estadual, em 15 de novembro de 1955 (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Garanto que, assim como eu, ao retornar a sua primeira escola, você se lembrará de sua primeira professora (A minha foi a Profa Vera Mantovani – na Pré-Escola e na 1ª série a Profa Lurdinha), e claro também se lembrará de outros professores que também marcaram a sua temporada de aluno. É como se passasse aquele famoso “filminho” em nossa cabeça.

E em meio a tal situação de retorno, eu separava algumas imagens para os primeiros dias de aula, acabei me deparando com algumas fotos de desfiles da terrinha nas décadas de 1950 e 1960. As escolas tanto públicas como particulares realizavam atividades “grandiosas”, com suas bandas e/ou fanfarras por aqui.

Além disso, também pude verificar como algumas escolas demonstravam suas atividades e/ou projetos desenvolvidos. Alguns deles, com “exaltações aos líderes” das três instâncias, à políticos locais e/ou que realizaram algum “feito” por aqui. Devemos nos atentar que no “período em questão” isso era algo comum e corriqueiro. Com o passar do tempo, os desfiles foram se alterando e outras formas de demonstrar as suas atividades entraram em cena.

Coral da Escola Estadual Helen Keller (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Desfile Cívico pelas ruas de Adamantina (Acervo: Fadaday Zanandrea) 

Desfile de 7 de setembro, em 1965 (Acervo: Arquivo Histórico Municipal).

Posso mencionar que ao longo dos anos, presenciei mudanças e mais mudanças que ocorreram (e estão ocorrendo), escolas foram municipalizadas, os alunos foram separados por ciclos. Surgiram (e estão surgindo) novos currículos, novas matérias, novos professores e claro, sabemos que tudo isso é mutável, de uma hora para outra, somos pegos de surpresa e novamente surgem mais mudanças.

Enfim, lembranças e histórias sobre o que um dia fizemos nas escolas da terrinha não irão faltar. Tenho a grata satisfação de dizer que, por aqui iniciei os meus estudos e por aqui continuo até hoje. E se você também tem alguma lembrança. Por que não compartilhar? Vale a pena! Ah... E se você estudou, trabalhou ou de repente foi meu aluno (ou meu professor), deixe uma mensagem, será um prazer revê-lo.  #euestudeiemadamantina

Tiago Rafael dos Santos Alves

Professor, Historiador e Gestor Ambiental

Membro Correspondente da ACL

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais