Siga Mais

Publicidade

Auto Posto Cocipa
Cinema

Publicidade

UniFAI 1
Clinica Lu Applim

Siga Mais » Notícias » Polícia

Polícia

Dupla é presa por abate clandestino de animais e realizar comércio ilegal de carnes

20:36 atualizado: 23/02/2018 17:01

Dupla foi presa acusada de crime contra a ordem tributária, econômica e relações de consumo.

Por: Da Redação

http://www.sigamais.com/noticias/policia/dupla-e-presa-por-abate-clandestino-de-animais-e-realizar-comercio-ilegal-de-carnes/ Dupla é presa por abate clandestino de animais e realizar comércio ilegal de carnes
Abatedouro clandestino foi localizado em Emilianopólis. Carne foi descartada, por estar imprópria para consumo (Foto: Cedida/Polícia Ambiental). Abatedouro clandestino foi localizado em Emilianopólis. Carne foi descartada, por estar imprópria para consumo (Foto: Cedida/Polícia Ambiental).

Em ocorrência para apuração de denúncia sobre abatedor clandestino e armazenamento de carnes bovinas e de animais silvestres, e para apurar denúncias de roubo/furto de gado (abigeato), realizada nesta quinta-feira (21), as equipes das Polícia Militar Ambiental, com Tenente Tiago, Subtenente Melo, Sargento Silis, Cabo Vinícius, Cabo Silveira, Cabo Antonio Carlos, Cabo Lourenço, Soldado Idasil e Soldado Wesley, foram até o município de Emilianopólis, em duas propriedades rurais localizadas no bairro Abacaxi.
No primeiro local foi realizado contato com o proprietário, que franqueou a entrada em sua residência, onde foi realizada vistoria no interior e proximidades, sendo constatada uma edificação com materiais próprios para abate de animais, com manchas de sangue, porém nada de irregular foi constatado.
Questionado a respeito da edificação, o proprietário informou que trabalha com abate de animais e venda de carnes e que a sua última atividade teria acontecido na data de ontem (20).
Em ato contínuo, os policiais ambientais foram à segunda propriedade, também alvo da denúncia, onde foi realizado contato com o proprietário.
Depois de permitir a entrada ao local, foram localizadas duas edificações. A primeira continha materiais para armazenamento de carnes, (freezer, câmara fria, serrotes, facas, ganchos), um freezer com carnes bovinas congeladas e com forte odor, coloração escura e mal armazenada.  Na segunda edificação os policiais localizaram outro freezer com mais carnes bovinas congeladas, nas mesmas condições, totalizando 300 kg.
Durante vistoria pelo entorno, os policiais localizaram uma camionete Ford F-1000 escondida em um canavial, com novilhas abatidas, totalizando 1.000 kg de carne e aproximadamente 250 couros bovinos.
Indagado, o proprietário deste segundo sítio respondeu que usaria a carne para próprio consumo e que a carne está estragada porque seu freezer está com problemas. A respeito da caminhonete, informou que é do proprietário do primeiro sítio vistoriado. Diante dos fatos a equipe voltou à primeira propriedade vistoriada, onde o envolvido assumiu a propriedade da caminhonete localizada com carnes.
Diante dos fatos, os policiais ambientais deram voz de prisão aos autores. Os dados da operação e as partes envolvidas foram levados à Delegacia da Polícia Civil de Emilianopólis, onde foi ratificada a prisão dos autores, que permaneceram a disposição do Polícia Judiciária.
Também compareceu ao local dos fatos o Diretor da Vigilância Sanitária de Emilianopólis, que elaborou o Termo nº 000005, bem como a Policia Técnico Científica, para a elaboração de laudo técnico sobre a apreensão das carnes.
Segundo a Polícia Ambiental, as carnes dos animais foram destinadas a um frigorifico para destruição, por apresentarem aspectos de que estão impróprias para consumo humano.

 
Nenhum comentário até o momento, Clique aqui para comentar!
 

Publicidade

Microdata

Publicidade

Massa FM
Diario
Life FM