Polícia

Homem acusado de matar a menina Emanuelle é encontrado morto em penitenciária

Homem matou a criança com 13 facadas. Em depoimento, disse que agiu para se vingar da mãe.

Por: Visão Notícias | Marília atualizado: 16 de janeiro de 2020 | 09h02
Agnaldo Guilherme Assunção havia sido transferido para o CDP de Cerqueira Cesar (Reprodução/Visão Notícias). Agnaldo Guilherme Assunção havia sido transferido para o CDP de Cerqueira Cesar (Reprodução/Visão Notícias).

O lavrador Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, acusado de matar a facadas a menina Emanuelle, de oito anos, em Chavante, na região de Ourinhos (reveja), foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (15), no Centro de Detenção Provisória de Cerquira César. Ele estaria sozinho na cela e teria usado um lençol da cama para tirar a própria vida.

Menina brincava em uma praça da cidade, quando desapareceu, sendo encontrada morta (Reprodução). 

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Delegacia de Cerqueira Cesar, por volta das 5h o carcereiro de plantão foi fazer a contagem dos presos (procedimento de rotina) quando teria encontrado Agnaldo já sem vida.

De acordo com o registro "o mesmo utilizando um lençol amarrando na ventana (janela) e em seu pescoço acabou se enforcando".   (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Tio Panda Adamantina
Clínica Savi

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Haddad

O crime

Emanuelle Pestana de Castro foi encontrada morta depois de desaparecer enquanto brincava em uma praça na sexta-feira (10), em Chavantes.

Após o trabalho de investigação da Polícia Civil, com ajuda de imagens de câmeras de segurança onde mostram o suspeito próximo da vítima, Agnaldo acabou confessando o crime. A vítima foi assassinada com 13 facadas, segundo o exame necroscópico.

Agnaldo é vizinho de Emanuelle e confessou que matou a menina a facadas em Chavantes (Reprodução/TV TEM).

Na tarde desta terça-feira (14), ele gravou um depoimento dando detalhes do crime e contou que matou a criança pois queria se vingar da mãe dela porque a mulher não deixava a menina brincar com o enteado dele. 

Após audiência de custódia, o homem foi transferido para Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César. Nesta manhã, por volta das 6h30, foi encontrado morto. Agnaldo já havia sido condenado e cumprido pena por matar o próprio irmão, durante uma briga de família.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Dra Maria Gabriela Tiveron

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais