Cidades

Adamantina pede à CDHU a construção de 300 novas casas

Prefeito e vereadores formalizam pedido ao presidente da CDHU.

Por: Assessoria de Imprensa atualizado: 9 de outubro de 2018 | 10h22
Prefeito Márcio Cardim e os vereadores Eduardo Fiorillo e João Davolli com o presidente da CDHU, Humberto Schmidt (Da Assessoria) Prefeito Márcio Cardim e os vereadores Eduardo Fiorillo e João Davolli com o presidente da CDHU, Humberto Schmidt (Da Assessoria)

O prefeito Márcio Cardim e os vereadores Eduardo Fiorillo e João Davolli participaram em Prudente de um Encontro com Secretários e Autoridades do Governo do Estado. Na oportunidade, foi assinado um pedido de 300 casas da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU).
Márcio Cardim e os representantes do legislativo conversaram diretamente com o presidente da CDHU, Humberto Schmidt.
Adamantina tem uma área que foi adquirida pela administração anterior para a construção das casas, porém após duas vistorias da CDHU foi comprovada que ela é inadequada para o esse fim.
O prefeito explica que abrirá um processo licitatório para venda da área de 8.1 alqueires e que antes da aquisição da nova área, solicitará uma visita do órgão competente a fim de certificar que o local é próprio para a construção das novas casas.
“Nós vamos ter esse cuidado, pois respeitamos o dinheiro público e sabemos que o gestor deve ter a preocupação de planejar os investimentos para evitar o desperdício de recurso público e, ainda, ter agilidade na execução dos projetos”, pontua.

Recursos para  infraestrutura, agricultura e turismo

Além do pedido de construção de 300 casas feitas a CDHU diretamente ao presidente do órgão, Humberto Schmidt, o prefeito Márcio Cardim e os vereadores Eduardo Fiorillo e João Davoli conversaram com os secretários de Agricultura, Francisco Jardim, Júnior Aprillanti, do Turismo e Aldo Rebelo, chefe da Casa Civil.
Ao secretário chefe da casa civil, os representantes do executivo e do legislativo solicitaram R$600 mil em recursos que serão destinados para a infraestrutura, aplicados a asfalto.
Durante o encontro, o secretário do Turismo, Júnior Aprillanti pediu que a cidade envie os projetos para a pasta, pois existe a expectativa de que esse ano ainda saia o recurso de R$580 mil destinado ao Município de Interesse Turístico (MIT). “Adamantina já está classificada entre os 140 municípios de interesse turístico e estamos aguardando apenas a assinatura do projeto de lei na Assembléia Legislativa, pois o parecer técnico foi positivo”, diz o prefeito.
O Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), já deu início à elaboração dos projetos em parceria com a Secretaria de Planejamento. Representantes do conselho, da secretaria e o prefeito estiveram visitando alguns pontos da cidade para entender as necessidades e trabalhar na melhoria delas.
Ainda no encontro, em conversa com o secretário de Agricultura, Francisco Jardim, foi tratado sobre as demandas de equipamentos para agricultura familiar do município. “Nós já conseguimos recurso por meio de uma emenda de bancada federal os recursos para aquisição de uma patrulha mecanizada”, afirma.  
 

Publicidade

Clinica Lu Applim

Publicidade

Youtube