Siga Mais

Publicidade

Auto Posto Cocipa
Cinema

Publicidade

UniFAI 1
Clinica Lu Applim

Siga Mais » Notícias » Polícia

Polícia

Polícia Ambiental apreende madeira irregular e autua infrator

09:31 atualizado: 10/08/2017 08:45

Madeira irregular foi apreendida e infrator multado em R$ 4.500,00.

Por: Da Redação

http://www.sigamais.com/noticias/policia/policia-ambiental-apreende-madeira-irregular-e-autua-infrator/ Polícia Ambiental apreende madeira irregular e autua infrator
Polícia Ambiental localiza 568 lascas de madeira de árvore nativa Angico, depositadas irregularmente e com inconsistência na documentação, em Osvaldo Cruz (Foto: Cedida/Polícia Ambiental). Polícia Ambiental localiza 568 lascas de madeira de árvore nativa Angico, depositadas irregularmente e com inconsistência na documentação, em Osvaldo Cruz (Foto: Cedida/Polícia Ambiental).

A Polícia Ambiental realizou na manhã desta terça-feira (8) em Osvaldo Cruz uma operação de fiscalização que resultou na apreensão de 15 m3 de lascas de madeira de árvore nativa Angico, fracionados em 468 lascas para uso em cercas.
A operação foi em um depósito de madeira localizado na Avenida marginal Pedro Ciciliati s/n. A equipe esteve no local onde o responsável pela madeira apresentou nota fiscal do produto e Documento de Origem Florestal (DOF). Porém, segundo a Polícia Ambiental, os documentos apresentavam divergências entre si, bem como a madeira estava depositada em local diferente do constante no DOF e nota fiscal.
Assim, foi lavrado o Auto de Infração Ambiental (AIA) na modalidade multa simples com valor de R$ 4.500,00 por ter em depósito madeira sem licença válida para todo o tempo de armazenamento outorgado pela autoridade competente ou em desacordo com a licença obtida, infringindo assim o Artigo 48, Parágrafo 1º da Resolução SMA Nº 48/2014, além de infringir o Artigo 46 da Lei Federal Nº 9.605/98.
A ocorrência da Polícia Ambiental será apresentada à Polícia Civil de Osvaldo Cruz via ofício, para as demais providências.
Toda a madeira encontrada pela Polícia Ambiental no local fiscalizado foi apreendida, ficando o próprio autuado como depositário, até sua destinação legal. O depositário foi cientificado de suas obrigações.
Participaram dessa operação da Polícia Ambiental o tenente Tiago, sargento Silis, cabo Antonio Carlos, cabo Tanganini cabo Edson e soldado Cremonese, do 2º Pelotão da Polícia Ambiental (3ª CIA do 2º BPAMB).

Apreensão de madeira em Tupi Paulista

Também nesta terça-feira (8) em outra operação realizada em Tupi Paulista, a Polícia Ambiental encontrou um depósito com 69 mourões de Angico Preto e Maçaranduba, nos fundos de um posto de combustível, totalizando 2,8 m3 de madeira nativa sem cobertura de Documento de Origem Florestal (DOF) para seu armazenamento.
Diante da localização desses materiais, os policiais ambientais elaboraram um Auto de Infração Ambiental (AIA) na modalidade de advertência, por infringir o Artigo 48, Parágrafo 1º da Resolução SMA Nº 48/2014, e, em tese, infringir o Artigo 46 da Lei Federal Nº 9.605/98.
A ocorrência será apresentada via ofício à Polícia Civil de Tupi Paulista, para as demais providências. A madeira apreendida ficou depositada no local.
Participaram dessa operação, em Tupi Paulista, a equipe com os policiais ambientais tenente Thiago Soto, sargento Silis, Cabo Antonio Carlos, cabo Tanganini, cabo Edson e soldado Cremonese.

 

 
Nenhum comentário até o momento, Clique aqui para comentar!
 

Publicidade

Microdata

Publicidade

Life FM
Massa FM