Polícia

Polícia Civil de Adamantina prende dupla que aplicava golpes do bilhete premiado em idosos

Houve uma vítima cerca de dois meses atrás, em Adamantina, e uma segunda vítima, ontem, em Dracena.

Por: Da Redação atualizado: 6 de outubro de 2018 | 08h57
Dupla de golpistas foi presa pela Polícia Civil de Adamantina, em operação realizada pela DIG/DISE (Fotos: Cedidas/Polícia Civil). Dupla de golpistas foi presa pela Polícia Civil de Adamantina, em operação realizada pela DIG/DISE (Fotos: Cedidas/Polícia Civil).

Um homem e uma mulher, moradores em Americana (SP), foram presos em flagrante no início da tarde desta quinta-feira (4) pela Polícia Civil de Adamantina, acusados da prática do golpe do bilhete premiado. As vítimas preferenciais dos golpistas eram pessoas idosas.
A prisão da dupla se deu a partir de um caso ocorrido cerca de dois meses atrás, em Adamantina, quando uma vítima idosa foi levada a comprar um bilhete supostamente premiado. Ela desembolsou R$ 6 mil em dinheiro e entregou aos golpistas, com a promessa de estar comprando um bilhete premiado no valor de R$ 200 mil.
Na época, o caso foi levado pela vítima às autoridades policiais, que imediatamente iniciaram as investigações, mobilizando as equipes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), da Polícia Civil local.
A investigação foi iniciada a partir da queixa formalizada pela vítima, pelas características físicas dos golpistas e pelo resgate de imagens gravadas pelas câmeras de segurança existentes na cidade. A partir de então, desse trabalho iniciado em Adamantina, as informações apuradas foram compartilhadas com as demais unidades policiais da região, ampliando o universo da investigação.

Prisão da dupla

A prisão da dupla se deu depois de um novo golpe, aplicado contra um idoso nipônico, nesta quarta-feira (3), em Dracena. O idoso foi abordado pelos golpistas e induzido a comprar um suposto bilhete premiado, pagando R$ 100 mil, sendo R$ 10 mil já entregues no mesmo dia, e o restante combinado para esta quinta-feira.
Ocorre que a dupla desconfiou e ficou insegura em retornar ao idoso para se apropriar do restante do valor combinado, e pela manhã de hoje deixou Dracena pela Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294). O caso desse novo golpe chegou à Polícia de Dracena, que por sua vez informou toda a região sobre o novo registro de crime. As características dos golpistas e do carro eram as mesmas, do crime de dois meses atrás, ocorrido em Adamantina. 
Assim, a estrutura policial foi mobilizada, na região, ficando de prontidão, o que levou a equipe da DIG/DISE de Adamantina a efetuar a prisão da dupla, mediante bloqueio policial às margens da Rodovia SP-294, na altura do bairro Tucuruvi. O veículo dos golpistas foi interceptado, resultando na prisão.
Depois de abordados e detidos, os dois foram levados à Polícia Civil de Adamantina, onde foram adotadas as demais providências, com a lavratura da prisão em flagrante, bem como a apreensão de dinheiro (em Reais e Dólares), cartões de crédito/débito, jóias, celulares, jogos de loteria e o carro, que tem placas de Rio Claro (SP). A dupla tem passagem pela polícia e inclusive condenações judiciais, pela mesma prática de golpe. Porém, soltos, reincidiram no mesmo crime.
Agora, ambos ficaram recolhidos pela Polícia Civil, à disposição da Justiça. Ele permaneceu preso na cadeia de Adamantina e a mulher transferida para a cadeia de Dracena. Na manhã desta sexta-feira (5) devem ser apresentados no Fórum da Comarca de Adamantina, para audiência de custódia, onde a autoridade do Poder Judiciário decidirá pela manutenção das prisões ou a soltura dos mesmos.
Os R$ 6 mil reais da vítima moradora de Adamantina, cujo golpe ocorreu dois meses atrás, ainda não foram recuperados. Já em relação ao golpe praticado ontem em Dracena, do total de R$ 10 ml, foram recuperados cerca de R$ 2.500,00. O restante, segundo os acusados, foi depositado em conta, pelos golpistas, e utilizado para pagamentos diversos.

 

Publicidade

Clinica Lu Applim

Publicidade

Youtube