Siga Mais

Publicidade

Cocipa
Cinema

Publicidade

UniFAI 1
Clinica Lu Applim

Siga Mais » Notícias » Cidades

Cidades

Procon fiscaliza e autua lojas em Adamantina

08:42 atualizado: 10/08/2017 13:24

Foram fiscalizados 10 estabelecimentos comerciais, sendo encontradas irregularidades em 6 lojas.

Por: Da Redação

http://www.sigamais.com/noticias/cidades/procon-fiscaliza-e-autua-lojas-em-adamantina/ Procon fiscaliza e autua lojas em Adamantina
Agentes do Procon em ação de fiscalização em Adamantina (Imagem: Reprodução/TV Fronteira). Agentes do Procon em ação de fiscalização em Adamantina (Imagem: Reprodução/TV Fronteira).

Dentro da Semana dos Pais, a Fundação Procon-SP, órgão vinculado a Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, esteve em Adamantina nesta terça-feira (8) onde realizou uma ação de fiscalização em estabelecimentos comerciais da cidade.
A atividade foi coordenada por meio do Núcleo Regional de Presidente Prudente, sendo fiscalizados 10 estabelecimentos comerciais em Adamantina. Em 6 estabelecimentos foram encontradas irregularidades.
Dentre as irregularidades, estão a falta de preços nos produtos expostos em vitrines, preços informados sem clareza ao consumidor, falta de certificação do Inmetro em uma loja que comercializa óculos e em uma loja de produtos importados os agentes do Procon encontraram produtos sem informações em língua portuguesa e sobre o importador nas respectivas embalagens.
Outro ponto falho identificado nas lojas e que foi alvo da fiscalização é a ausência de exemplares do Código de Defesa do Consumidor à disposição dos clientes.
Priscila Nishimoto, coordenadora do Núcleo Regional do Procon em Presidente Prudente dirigiu a ação de fiscalização em Adamantina. Em entrevista à TV Fronteira, ela explicou que os estabelecimentos receberam o auto de constatação com a descrição das irregularidades encontradas no ato fiscalizatório e posteriormente receberão o auto de infração já acompanhado com o boleto da multa, para pagamento, ou apresentação de defesa no prazo de até 15 dias após o recebimento do auto de infração. 

 
1 comentários, Clique aqui para comentar!

Comentários

José Carlos

Caberia o bom senso do órgão fiscalizador dar um prazo para que o estabelecimento se regularize, e não vir autuando de imediato. Na situação que se encontra nossa economia, isso é uma rasteira para o gerador de empregos.

 

Publicidade

Microdata

Publicidade

Massa FM
Life FM