Cidades

Dois atletas adamantinenses são convocados para as Olimpíadas de Paris

Izabela da Silva (lançamento de disco) e Lucas Marcelino (salto em distância) disputarão Paris 2024.

Por: Da Redação atualizado: 13 de julho de 2024 | 16h44
Izabela da Silva (Wagner Carmo/CBAt) e Lucas Marcelino (Divulgacao/E.C. Pinheiros) convocados para disputar Paris 2024. Izabela da Silva (Wagner Carmo/CBAt) e Lucas Marcelino (Divulgacao/E.C. Pinheiros) convocados para disputar Paris 2024.

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anunciou nesta segunda-feira (8) a lista dos 43 atletas do país classificados à Olimpíada de Paris – 19 mulheres e 24 homens. Entre os convocados estão dois adamantinenses que atuam profissionalmente no atletismo: Izabela Rodrigues da Silva (IEMA/São Caetano do Sul) vai representar o Brasil no lançamento de disco e Lucas Marcelino dos Santos (Esporte Clube Pinheiros) vai disputar o salto em distância.

Nos Jogos Olímpicos em Tóquio (2021) Izabela competiu e se tornou a primeira brasileira a disputar uma final olímpica do lançamento do disco. Ao final ficou na 11ª colocação da prova, com a marca de 60,39 m.

De acordo com a CBAt, 15 atletas garantiram presença em Paris ao conseguirem o índice olímpico, mas a maioria carimbou o passaporte por meio de pontuação no ranking mundial da World Athletics (federação internacional da modalidade). A janela de pontuação chegou ao fim em 30 de junho.

Até o momento, o Brasil totaliza 278 atletas confirmados nos Jogos de Paris, com abertura em 26 de julho. As provas de atletismo ocorrerão no período de 1º a 11 de agosto.

Publicidade

Dr. Paulo Tadeu Drefahl | Cirurgião Plástico
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

Atletas começaram atletismo na escola, em Adamantina

A atleta olímpica Izabela da Silva era aluna do ensino fundamental na Escola Estadual Prof. Durvalino Grion, em Adamantina. Na quadra esportiva, em meio às atividades de educação física, seu movimento, estrutura e interesse foram percebidos pelo olhar do professor Pedro Milanezi.

Identificada a habilidade, ela foi encaminhada por Milanezi para treinar com o colega, professor Domingos Carmo Rocetão, em atividades de iniciação ao atletismo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Na modalidade, ela se destacou e deixou Adamantina para treinar em São Paulo. Na capital, começou a fazer também o lançamento de disco. Em 2014 obteve destaque na modalidade e foi campeã no mundial que aconteceu na cidade de Oregon.

Em 2019, o treinamento foi intensificado com o objetivo de disputar as olimpíadas de Tóquio que aconteceriam em 2020. Em virtude da pandemia e das restrições impostas no estado de São Paulo, Izabela treinou nos estados do Paraná e de Santa Catarina e a Olimpíada foi adiada para 2021.

(Wagner Carmo/CBAt).

No final de 2020, a atleta teve uma lesão e os médicos afirmaram que ela seria submetida a realização de uma cirurgia, o que fez com que Izabela desanimasse e até cogitasse desistir do esporte, mas felizmente não foi o que aconteceu.

Já em 2021, em fevereiro, os treinos foram retomados e a atleta participou do GP de atletismo na Argentina. Na competição, conquistou a marca de 56,00 e lá ela teve a confirmação de que seria possível disputar as olimpíadas. 

Depois da competição, Izabela intensificou o treinamento e venceu o sul-americano que aconteceu no Equador com a sua melhor marca de 62,18 metros o que a credenciou para participar das Olimpíadas chegando na final e obtendo o 11º lugar e sendo a primeira brasileira a participar de uma final olímpica no lançamento de disco.

Em agosto de 2021, após retornar do Japão, Izabela esteve em Adamantina em um reencontro com familiares e amigos, e com suas origens no atletismo. Na ocasião ela falou ao SIGA MAIS:

Lucas começou no atletismo na Escola Municipal Navarro de Andrade, estimulado pelo professor Mauro. Já em outro momento como estudante foi aluno da Escola Estadual Durvalino Grion, e continuou a ser estimulado a praticar o esporte, pelo professor Pedro Milanezi. Nessa fase começou a frequentas a pista de atletismo da ACREA, fase em que foi assistido pelo professor Domingos Rocetão.

Nessa fase, na ACREA, Lucas passou a treinar sob uma rotina e metodologia, sobretudo para ampliar seu desempenho e aptidões no atletismo, onde ganhou destaque, inicialmente, nas provas de velocidade, até descobrir o salto em distância. “Antes de dedicar ao salto, passei por todas as provas”, contou o atleta ao SIGA MAIS, em outubro de 2021, quando esteve na cidade revisitando suas origens após bater recorde em salto à distância na maior competição esportiva universitária da América Latira. A conquista foi na 68ª edição dos JUBs (Jogos Universitários Brasileiros), que aconteceu naquele mês em Brasília. Reveja:

Na sua imersão no atletismo, Lucas contou que não se dedicava aos treinos, mas gostava de competir. Movido a desafios, a cada desempenho positivo nas competições se motivava a fazer mais e melhor, e a se superar. Com isso, começou a treinar de forma mais sistemática e conquistar prêmios e espaço profissional no atletismo.

Em outubro de 2021, ao SIGA MAIS, Lucas fez uma menção especial aos três professores que atuaram na sua formação de base, em Adamantina. “Posso afirmar que se a iniciativa por parte deles não tivesse ocorrido, eu não teria contato com esse esporte”, destacou. Depois da base, o desempenho de Lucas foi reconhecido pelo técnico Nelio Alfano Moura, que passou a treiná-lo. Nelio é treinador bicampeão olímpico de atletismo em salto em distância.

(Divulgação: E.C. Pinheiros).

Ainda em 2021, logo após o término das Olimpíadas de Tóquio, e também celebrando o desempenho da conterrânea Izabela da Silva, Lucas Marcelino traçou os atuais Jogos Olímpicos de Paris como uma meta. “Como meu esporte é olímpico, a Olimpíada é o ápice”, disse. Porém, pôs-se ponderado, a batalhar essa oportunidade um dia após o outro, e frisou que a próxima competição da sua agenda esportiva sempre é a mais importante. “A competição que preciso me dedicar é a próxima”, disse. Vencendo uma a uma, conquistando destaques no podium em diferentes competições e o índice olímpico, agora prepara suas malas para Paris.  

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Cocipa - Hiper Cliente Feliz

Convocados da Confederação Brasileira de Atletismo

Equipe feminina

  • Vitória Rosa - 100m rasos
  • Ana Azevedo - 100m e 200m rasos
  • Lorraine Martins - 200m rasos
  • Tiffany Marinho - 400m rasos
  • Flávia Lima - 800m rasos
  • Chayenne Pereira da Silva - 400m com barreiras
  • Tatiane Raquel - 3000m com obstáculos
  • Valdileia Martins - salto em altura
  • Juliana Campos - salto com vara
  • Eliane Martins - salto em distância
  • Lissandra Campos - salto em distância
  • Gabriele Sousa - salto triplo
  • Ana Caroline da Silva - arremesso de peso
  • Izabela Rodrigues da Silva - lançamento de disco
  • Andressa Morais - lançamento de disco
  • Jucilene Lima - lançamento de dardo
  • Érica Sena - 20km marcha atlética
  • Gabriela Muniz - 20km marcha atlética
  • Viviane Lyra - 20km marcha atlética e revezamento misto

Equipe masculina

  • Felipe Bardi - 100m rasos e revezamento 4x100m
  • Erik Cardoso - 100m rasos e revezamento 4x100m
  • Paulo André Camilo - 100m rasos e revezamento 4x100m
  • Gabriel Garcia - revezamento 4x100m
  • Renan Gallina - 200m rasos e revezamento 4x100m
  • Matheus Lima - 400m rasos, 400m com barreiras e revezamento 4x400m
  • Lucas Carvalho - 400m rasos e 4x400m
  • Lucas Vilar - revezamento 4x400m
  • Jadson Lima - revezamento 4x400m
  • Douglas Hernandes - revezamento 4x400m
  • Rafael Pereira - 110m com barreiras
  • Eduardo de Deus - 110m com barreiras
  • Alison dos Santos - 400m com barreiras e revezamento 4x400m
  • Fernando Ferreira - salto em altura
  • Lucas Marcelino dos Santos - salto em distância
  • Almir Júnior - salto triplo
  • Darlan Romani - arremesso de peso
  • Wellington Morais - arremesso de peso
  • Luiz da Silva - lançamento de dardo
  • Pedro Henrique Rodrigues - lançamento de dardo
  • Caio Bonfim - 20km marcha atlética e revezamento misto
  • Matheus Correa - 20km marcha atlética
  • Daniel Nascimento - maratona
  • José Ferreira Santana - decatlo 

Publicidade

P&G Telecomunicações
Cóz Jeans
Shiba Sushi Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais