Saúde

Eleita e empossada nova diretoria executiva do PAI Nosso Lar

PAI Nosso Lar tem nova diretoria executiva, presidida por José de Oliveira Santos Neto “Zé Neto"

Por: Da Redação atualizado: 29 de agosto de 2018 | 11h47
Parte da composição da nova diretoria executiva do PAI Nosso Lar liderada por José de Oliveira Santos Neto, com o até então presidente, Hermílio Cabral Silva (Foto: No Click com o Senhor). Parte da composição da nova diretoria executiva do PAI Nosso Lar liderada por José de Oliveira Santos Neto, com o até então presidente, Hermílio Cabral Silva (Foto: No Click com o Senhor).

Na noite desta segunda-feira (27) foi solenemente apresentada a nova diretoria do Polo de Atividades Integradas (PAI) Nosso Lar. A instituição passa a ser presidida pelo cartorário aposentado José de Oliveira Santos Neto “Zé Neto” (veja abaixo a diretoria completa).
A cerimônia solene contou com a presença da comunidade católica e autoridades, entre as quais a juíza de direito Ruth Duarte Menegatti, o prefeito Márcio Cardim, vereadores Eduardo Fiorillo (presidente da Câmara Municipal), Acácio Rocha, Dinha Santos Gil, Hélio José dos Santos, João Davoli e Paulo Cervelheira.
Entre as autoridades religiosas presentes, o bispo da Diocese de Marília, dom Luiz Antônio Cipolini, os padres Marcelo Antônio Santos (Paróquia Nossa Senhora de Fátima), Rui Rodrigues da Silva (Paróquia Santo Antônio) e Paulo Joaquim de Souza “Quinzinho”, além dos freis Mateus e Jacó, da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus e irmãs religiosas consagradas.
A eleição e posse da nova diretoria executiva e conselho fiscal ocorreu no domingo (26), em reunião extraordinária. Apenas uma chapa concorreu, e a eleição se deu por aclamação, como prevê o parágrafo 4º do artigo 22 do estatuto da instituição, sendo a nova diretoria imediatamente empossada.
A diretoria executiva até então vigente era presidida pelo professor Hermílio Cabral Silva, ligado à comunidade espírita. Por anos, a instituição atuou sob a denominação de Hospital Psiquiátrico Espírita de Adamantina, depois Clínica de Repouso Nosso Lar e desde o início de 2017 sob a denominação de Polo de Atividades Integradas Nosso Lar, dentro de um programa de restruturação e abertura liderado pela juíza Ruth Duarte Menegatti, de importante sensibilização e engajamento da comunidade.

Nova diretoria

A comunidade católica, por meio de suas pastorais sociais, tem atuação presente da instituição, com atividades dirigidas aos pacientes. Sensibilizada, atendeu um apelo da juíza Ruth Duarte Menegatti, dirigido aos padres, ao bispo diocesano e ao núncio apostólico no Brasil (que visitou a Clínica ano passado), para uma ação institucionalizada dos católicos, o que culminou com a eleição dos mesmos para a nova diretoria executiva.
A nova diretoria do PAI Nosso lar, eleita e empossada no último domingo (26), tem mandato de dois anos (2018/2020). A costura pela definição da nova diretoria teve uma importante articulação liderada pelo padre Rui Rodrigues da Silva. Veja a nova composição:

Diretoria executiva

Presidente:  José de Oliveira Santos Neto
1º Vice-presidente:   Alessandro Barros Costa
2º Vice-presidente:  Odair Luiz Sacoman
1º Secretário:   Francisco Irandi Simoncelli (Dinho)
2º Secretário:  Reinaldo Turra Júnior
1º Tesoureiro:  Milton Yogi Ura
2º Tesoureiro:  Cleber Barbosa Alves

Conselho fiscal:

Presidente:  Nilson Albanez Júnior
Secretária:  Vera Lúcia Fiorillo Cabrera

Membros efetivos:

Gabriel Antonio da Cruz
Sérgio Roberto Martins Cossari
Francisco Carlos Toffoli

Suplentes:

Joaquim Odair Sichieri
José Dias Real
João Vinicius Faustino dos Santos
Marlei Borges
Solange da Costa Maximino

Trabalho, transparência e unidade

As palavras iniciais da nova diretoria executiva foram ditas pelo 2º vice-presidente, Odair Luiz Sacoman. Ele destacou a atuação social da Igreja em temas da comunidade, o que insere a instituição PAI Nosso Lar. “A Igreja, através de uma pastoral social estruturada, orgânica e integral, tem a vocação e a missão de promover, cuidar e defender a vida em todas as suas expressões, através de uma ação social para cuidar da vida dos outros irmãos mais necessitados”, disse.
Segundo Odair, a atuação concreta junto à instituição e outras demandas da comunidade, segue as diretrizes definidas pelo plano diocesano, “que coloca a Igreja à serviço da vida plena para todos”, ressaltou.
Ele reiterou o trabalho já realizado pela comunidade católica junto ao PAI Nosso Lar, e citou o atual momento de abertura como sendo a oportunidade de uma maior integração pastoral. “A partir de agora, mais concretamente assumindo a direção da Clínica PAI Nosso Lar, o desafio é muito grande e a responsabilidade maior ainda, mas estamos confiantes que com a ajuda de Deus e a união de todos, dos mais diversos setores da sociedade, legislativo, executivo e judiciário, e toda a nossa população de Adamantina e região, seremos fortes”, disse.
Para o 2º vice-presidente, a fé da comunidade católica, no Senhor Deus, exige assumir também a responsabilidade social daquilo que se acredita. Nesse desafio, ele expôs que foram realizadas diversas reuniões, convites e convocações, para a composição da nova diretoria, e assim assumir o novo desafio de gerir a instituição. E relevou que muitos disseram não, por medo e insegurança. “Nós chegamos aqui com essas pessoas. Sozinho, nós não vamos a lugar nenhum. Por isso precisamos da colaboração de toda a nossa sociedade e propomos uma grande união, um grande serviço a essa entidade.”, convocou.
Odair também agradeceu às diretorias anteriores, funcionários e colaboradores, às autoridades se à comunidade como um todo. “É importante olhar e agradecer por tudo que foi feito até agora. A nossa gratidão àqueles que confiaram esta missão. O nosso lema será trabalho, transparência e unidade”.
Em especial aos funcionários, o 2º vice-presidente fez citou que a vivência diária dos mesmos, no exercício da profissão, se reveste de prática diária do amor. “Os funcionários vivem aqui o exercício do amor. Não é só pela profissão, é pelo amor”, reforçou.
Por fim, Odair reiterou o foco social, humano e religioso, em favor daqueles que são atendidos pela Clínica. “Nosso lema é o amor a essa Clínica, a esse irmão que depende da gente. É nesse espírito que estamos assumindo esse compromsso, com amor, carinho e muita esperança de coisas boas que vão vir, com a ajuda de todos”, disse. “Com cada um dando aqulo que pode, seremos fortes e vamos transformar esse lugar”, finalizou.

História do lugar

Clínica de Repouso Nosso Lar, sucessora da Associação Filantrópica Espírita de Adamantina (AFEA) foi idealizada por um grupo de pessoas da cidade, que tinha como objetivo, fundar uma entidade de atendimento a menores doentes mentais e/ou dependentes químicos.
A instituição foi fundada em setembro de 1969 e instituída por uma diretoria eleita, tendo na época como presidente João Pozzeti, e outros fundadores.
Em agosto de 1980 a instituição iniciou atendimento voltado a internações temporárias para tratamentos psiquiátricos e de dependência química.
Este trabalho vem sendo realizado há quase quatro décadas. A Clínica trabalha de forma moderna e dinâmica no atendimento psiquiátrico, enfatizando os eventos da psiquiatria clínica na sua constante atualidade diagnóstica e adequado uso de psicofármacos.
Aliados ao trabalho de abordagem transdisciplinar com a participação efetiva de seu quadro médico e seus técnicos de nível superior, as atividades são desenvolvidas com os recursos da psiquiatria dinâmica, em suas abordagens grupais e individuais na prática hospitalar, visando um tratamento mais humano a seus pacientes para dessa forma reintegrá-los à sociedade de modo mais digno e eficientes. Há ainda uma equipe interdisciplinar de profissionais, auxiliares e pessoal de apoio inteiramente dedicado à população de internados, além de oferecer condições de alojamento, alimentação, lavanderia, limpeza e toda infraestrutura logística de acordo com as exigências municipais, estaduais e federais.
A Clínica conta com uma diretoria e um conselho deliberativo, que atuam como voluntários, portanto, não remunerados.
Para a operacionalização de suas atividades a nível remunerado possui uma diretoria técnica/clínica e diretoria administrativa que trabalham em suas atribuições especificas, mas, harmonicamente, visando a melhor assistência possível aos pacientes da instituição.
A clientela atendida por esta instituição consiste em pacientes maiores de idade, de ambos os sexos. Para tal, conta com um total de 144 leitos, 100% conveniados com o SUS, sendo destes, 48 para o sexo feminino e 96 para o sexo masculino. Do total de leitos existe uma população de 41 pacientes moradores:  21 masculino e 20 femininos, todos maiores de idade.
Atualmente, a Clínica Nosso Lar passa por uma reestruturação, está vivenciando uma transformação na metodologia de trabalho. Acredita-se que a nova proposta implantada trará um resultado mais eficiente e eficaz no tratamento dos pacientes.
Dentro desse novo contexto, no início de 2017 a Clínica passou a adotar nova configuração, sob a denominação de Polo de Atividades Integradas (PAI) Nosso Lar.

Publicidade

Nova Foto e Ótica
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais