Cidades

Bragato propõe estadualização da vicinal que liga Panorama, Epitácio e Teodoro Sampaio

Proposta de estadualização está em projeto de lei apresentado por Bragato na Assembleia Legislativa.

Por: Assessoria de Imprensa
Deputado estadual Mauro Bragato (Alesp). Deputado estadual Mauro Bragato (Alesp).

Por meio do projeto de Lei nº 1655/2023, o deputado Mauro Bragato propôs a Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) a estadualização da estrada vicinal que liga o município de Panorama, desde a SP-294, rodovia João Ribeiro de Barros, passando pelo distrito do Campinal, em Presidente Epitácio, cruzando a SP-270, rodovia Raposo Tavares, atingindo o distrito de Planalto do Sul, até o município de Teodoro Sampaio.

Segundo Bragato, a estadualização das estradas vicinais é uma exigência básica para a preservação da rede de estradas vicinais que permite baratear o custo do transporte de cargas e tornam competitivos os produtos no plano nacional e internacional. Além disso, ao melhorar a infraestrutura, como asfaltamento, sinalização adequada, acessos, pontes e pontilhões, há o aumento na segurança.

Publicidade

Supermercado Godoy
Dr. Paulo Tadeu Drefahl | Cirurgião Plástico

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

De acordo com o deputado, a estadualização também contribui para a integração regional, conectando os municípios e distritos, possibilitando maior interação entre comunidades, estimulando a troca cultural, comercial e social, além de fortalecer laços entre diferentes áreas geográficas. “Além das áreas rurais, a estadualização também pode ter impactos positivos nas áreas urbanas conectadas pela estrada. Uma via bem mantida reduz o tempo de deslocamento, melhora a mobilidade urbana e contribui para a qualidade de vida dos habitantes locais”, pontua Bragato.

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Cocipa

Bragato explica que a estrada vicinal que liga o município de Panorama, até o município de Teodoro Sampaio paralelamente ao Rio Paraná, permite a integração de todo Oeste do Estado de São Paulo e assume cada vez mais o papel de rodovia de integração regional. “A reversão da faixa de domínio da estrada vicinal atende a prioridades das administrações municipais de melhoria e segurança do transporte regional. Obedece ainda a prioridades de atendimento à segurança da população que utiliza estas rodovias,”, conclui o deputado.

Publicidade

Shiba Sushi Adamantina
Cóz Jeans

Publicidade

Insta do Siga Mais