Polícia

Polícia Ambiental autua três homens em R$ 2,1 mil por pescar na piracema em Adamantina

Três pessoas praticavam pesca com seis redes e uma tarrafa, no rio Aguapeí, em Adamantina.

Por: Da Redação atualizado: 26 de janeiro de 2021 | 09h05
Materiais de pesca apreendidos pela PM Ambiental com o trio, no Rio Aguapeí (Cedida/PM Ambiental). Materiais de pesca apreendidos pela PM Ambiental com o trio, no Rio Aguapeí (Cedida/PM Ambiental).

Neste domingo (34), em fiscalização de pesca às margens do rio Aguapeí, em Adamantina, uma equipe da Polícia Militar Ambiental surpreendeu três pessoas praticando a pesca com uso de seis redes e uma tarrafa, onde houve a captura de um peixe da espécie dourado pesando 1 kg, com tamanho irregular para a captura. 

Em razão da proibição da pesca por ser a época destinada à reprodução natural dos peixes, “Piracema”, foram elaborados três Autos de Infração Ambiental em desfavor dos três homens, com idades de 44, 52 e 52 anos. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado

 

A cada um dos pescadores foi aplicada multa de R$ 720, por pescar em período no qual a pesca seja proibida, conforme o art. 36 da Resolução SMA-48/2014. Ao todo, as autuações somaram R$ 2.160.

Um dos pescadores flagrados pela PM Ambiental com seis redes e uma tarrafa de pesca, no rio (Cedida/PM Ambiental).

Já o pescado, devido à má condição de armazenamento e por estar impróprio para o consumo, foi destruído.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais
Cinema