Polícia

Após briga de casal, mulher é esfaqueada em Adamantina

Homem foi preso e confessou o crime. Mulher foi socorrida e não corre risco de morte.

Por: Da Redação atualizado: 10 de fevereiro de 2020 | 18h11
Canivete usado pelo homem para golpear a mulher foi localizado e apreendido pela Polícia (Foto: Cedida/PM). Canivete usado pelo homem para golpear a mulher foi localizado e apreendido pela Polícia (Foto: Cedida/PM).

Um desentendimento entre casal resultou em uma tentativa de homicídio em Adamantina, por volta das 9h deste domingo (9). De acordo com a Polícia Militar, um casal que mora no Jardim Adamantina, e que na hora dos fatos estava pelo bairro Estância Dorigo, começou a se desentender e a discussão terminou em vias de fato, com a mulher, de 25 anos, sendo atingida com golpes de canivete. Preliminarmente, foram identificadas 11 perfurações.

A tentativa de homicídio ocorreu pelas imediações da rotatória Adamantina/Lucélia/Mariápolis. A mulher foi atingida com golpes de canivete, que tinha lâmina com cerca de 7 cm. 

Após os fatos a Polícia Militar foi acionada ao chegar pelo local avistou um veículo GM Monza, cor verde, estacionado às margens da via.

Ao lado do veículo, deitada no chão, estava a vítima sendo amparada por sua irmã. Ela apresentava vários ferimentos no rosto, braço, pescoço e costas. De imediato, a equipe da PM acionou a equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Adamantina, que compareceu e socorreu a vítima até o pronto socorro da Santa Casa local, onde permaneceu sob os cuidados da equipe médica e de enfermagem, em observação, e sem risco de morrer. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Haddad
Dra Maria Gabriela Tiveron

O agressor também estava pelo local e foi identificado como autor da tentativa de homicídio.  Ele tinha dois ferimentos, sendo um no rosto e outro na mão.  O homem confessou o crime, recebeu voz de prisão e foi conduzido em seguida a plantão da Polícia Civil, onde permaneceu preso, à disposição da Justiça. Ele foi autuado com base na Lei Maria da Penha. O agressor tem 29 anos.

Após buscas no local, foi encontrado o canivete utilizado no crime. O caso será investigado agora em inquérito junto à Polícia Civil.

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais