Educação

Estudantes da Escola Fleurides conhecem estrutura e funcionamento do Fórum de Adamantina

Aula de eletiva trabalhada em sala se desenvolve de acordo com o projeto de vida dos alunos.

Por: Da Redação atualizado: 14:27
Visita dos estudantes ao Fórum de Adamantina (Foto: Siga Mais). Visita dos estudantes ao Fórum de Adamantina (Foto: Siga Mais).

Um grupo de alunos do 8º e 9º anos da Escola Estadual Profª Fleurides Cavalini Menechino, de Adamantina, conheceu na última sexta-feira (29) a estrutura e funcionamento do Fórum local. A atividade foi realizada na aula de eletiva “Igualdade e Liberdade”, profissão “direito”, onde a disciplina trabalhada em sala se desenvolve de acordo com o projeto de vida dos alunos.

Cerca de 30 estudantes participaram da atividade, acompanhados pela dirigente da Escola, professora Marineidi Nonato, e das professoras Sônia Marina, Márcia Rotoli e Leila Macedo. Os estudantes puderam conhecer algumas das possibilidades de atuação dentro da profissão do direito.

Visita dos estudantes ao Fórum de Adamantina (Foto: Siga Mais).Visita dos estudantes ao Fórum de Adamantina (Foto: Siga Mais).Visita dos estudantes ao Fórum de Adamantina (Foto: Siga Mais).

No espaço do Poder Judiciário os estudantes e educadoras foram recebidos pela juíza Ruth Duarte Menegatti, titular da 3ª Vara e diretora do Fórum de Adamantina, acompanhada pelos servidores forenses Cláudia Brandane Minari, Dulcinéia Theodoro, Everaldo Marcolino e Luciana Ramazzoti.

No encontro, iniciado no plenário do Tribunal do Júri, cada um dos representantes do Poder Judiciário expôs sobre sua carreira e o trabalho que realizam no Fórum. Houve espaço para perguntas dos estudantes, e na sequência o grupo visitou as dependências do lugar (gabinetes dos juízes, cartórios e demais setores).

Publicidade

Supermercado Godoy
Daiane Mazarin Estética

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

“Caminho dos estudos traz oportunidades”, destaca juíza

Na saudação ao grupo a juíza Ruth Duarte Menegatti expôs sobre a história e instalação da Comarca de Adamantina, o primeiro Fórum e a construção do espaço atual, como também sobre a estrutura do Poder Judiciário do Estado de São Paulo.

Na sequência a magistrada abordou sobre a profissão do direito e sua trajetória nessa área, e incentivou os alunos à dedicarem-se aos estudos. “O campo de atuação é muito grande”, disse. “Estudei em escola pública, tinha muitos sonhos e me dediquei muito para ser juíza”, contou. “E o medo não impedia a vontade de acreditar e buscar realizar um sonho”, continuou.

Juíza Ruth Duarte Menegatti fala aos estudantes (Foto: Siga Mais).

Depois da fase escolar dos ensinos fundamental e médio a magistrada estudou direito em uma universidade pública em Londrina (PR) e aos 21 anos passou em concurso público. “O caminho dos estudos traz grandes oportunidades”, ressaltou.

Sobre sua atuação profissional em Adamantina, a magistrada destacou a retaguarda dos servidores do Fórum. “Temos aqui funcionários comprometidos”, afirmou. E se disse realizada com a profissão. “Lidamos com muitos assuntos importantes, como a liberdade, a prisão, os bens das pessoas que estão vinculados a alguma dívida, entre outros. Sou feliz em fazer o que gosto”, encerrou.

Saiba mais

Neste ano a Escola Estadual Frofª Fleurides Cavalini Menechino passou a integrar o Programa Ensino Integral da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, onde os estudantes contam com uma matriz curricular diferenciada que inclui preparação para o mercado do trabalho, orientação de estudos e práticas experimentais que potencializam a formação integral do estudante a partir do projeto de vida individual.

Conforme o órgão estadual, o Programa potencializa a melhoria da aprendizagem e o desenvolvimento integral dos estudantes, nas dimensões intelectual, física, socioemocional e cultural. 

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais