Educação

Em buzinaço e com cartazes, estudantes de medicina da UniFAI fazem novo protesto

Estudantes cobram informações sobre atividades práticas do curso.

Por: Da Redação atualizado: 1 de outubro de 2020 | 17h26
Cartazes afixados no alambrado do campus 1 da UniFAI, em protesto, nesta segunda-feira (Cedida). Cartazes afixados no alambrado do campus 1 da UniFAI, em protesto, nesta segunda-feira (Cedida).

Um grupo de estudantes do curso de medicina do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), realizou no começo da tarde desta segunda-feira (28) um novo protesto, onde cobram informações e a posição da instituição acerca das atividades práticas dirigidas ao oitavo termo.

Essas cenas se tornaram comuns na cidade, nos últimos anos. A trajetória do curso tem sido marcada, também, por diversos protestos dirigidos aos representantes da reitoria e da prefeitura, que é mantenedora da UniFAI.

Nesta segunda-feira, os estudantes se concentraram no campus 2 e seguiram em carreata e buzinaço para o campus 1, onde está instalada a reitoria da instituição (veja vídeo). No alambrado do campus 1, afixaram cartazes com críticas e cobranças.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

De acordo com os estudantes, teria ocorrido evasão de professores médicos (preceptores), insatisfeitos com a remuneração paga pela instituição. A baixa teria provocado a diminuição das atividades práticas e os alunos temem por prejuízos ao aprendizado, nessa etapa do curso.

A redação do SIGA MAIS solicitou nota à UniFAI, que não atendeu ao pedido de informações, esclarecimento e a posição sobre o ocorrido.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais
Cinema