Cidades

Tribunal de Contas revela precariedade no aterro de lixo em Adamantina

Irregularidades no aterro sanitário de Adamantina são mapeadas pelo TCESP.

Por: Da Redação atualizado: 4 de novembro de 2016 | 08h27
Segundo o TCE, Adamantina tem área própria de aterro, mas não possui licença de operação da Cetesb (Foto: TCE/Divulgação). Segundo o TCE, Adamantina tem área própria de aterro, mas não possui licença de operação da Cetesb (Foto: TCE/Divulgação).

Estudo realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), em 163 municípios paulistas, mostra que 25% deles ainda acumulam resíduos sólidos orgânicos e inorgânicos a céu aberto nos chamados lixões, que são proibidos desde 1981.
Ainda de acordo com o TCESP, 36% das cidades avaliadas ainda não têm qualquer tipo de coleta seletiva e o restante das cidades realiza somente uma parte dos serviços de recolhimento. O TCESP destaca ainda que apenas 3% das 163 cidades fiscalizadas conseguem selecionar entre 75% a 100% do material coletado.
Segundo publicação realizada pela Folha de S. Paulo, as situações mais graves foram identificadas pelo TCESP em Adamantina, Osvaldo Cruz, Birigui e Jaú.
O cenário local, regional e paulista, em torno da gestão dos resíduos sólidos, foi destaque também na TV, como ocorreu na Globo News.

Adamantina

De acordo com informações divulgadas pelo G1, Adamantina possui o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que, inclusive, já está implantado. Apesar disso, não há uma cooperativa ou associação de catadores na cidade, que está em fase de criação, e a coleta seletiva é feita por servidores municipais.
Ainda de acordo com o G1, a cidade tem a área própria de aterro, mas que não possui licença de operação da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). O TCE constatou que a Prefeitura não executa o gerenciamento dos resíduos gerados nos serviços de saúde e a coleta é feita por uma empresa terceirizada. O município também não dispõe de uma área específica para o descarte destes resíduos.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais