Cidades

Exposição fotográfica retrata cenários e cotidiano de moradores do Jardim Brasil, em Adamantina

Imagens da exposição são originadas de projeto desenvolvido pela fotógrafa Estela Mendes.

Por: Da Redação atualizado: 09:28
Uma das imagens produzidas na oficina pelo participante Leonardo dos Santos (Foto: Leonardo dos Santos). Uma das imagens produzidas na oficina pelo participante Leonardo dos Santos (Foto: Leonardo dos Santos).

A fotógrafa Estela Mendes, de Adamantina, abre nesta segunda-feira (8) a exposição "Jardim Brasil: dos Trilhos pra Cá", com imagens produzidas no bairro durante oficina realizada na localidade. A atividade foi desenvolvida com adolescentes, de 13 a 16 anos, em sua maioria moradores do Jardim Brasil. “O objetivo foi, além de ensinar conceitos básicos de fotografia, abordar o contexto social do bairro Jardim Brasil, através de sua cultura e costumes, e, por fim, mostrar esse cotidiano a partir do olhar dos adolescentes”, destacou.

Publicidade

Dr. Paulo Tadeu Drefahl | Cirurgião Plástico
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

A idealizadora foi contemplada com edital municipal da Lei Paulo Gustavo, aberto pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que permitiu financiar a iniciativa. O projeto recebeu o nome “Lentes do Amanhã”.

Estela (primeira à esquerda) e grupo de participantes (Divulgação).Parte dos adolescentes na oficina (Divulgação).

A abertura da exposição acontece nesta segunda-feira às 19h30 na Biblioteca Municipal “Jurema Citeli”, onde a idealizadora e os participantes da oficina apresentarão um conjunto de imagens selecionadas para a mostra. A exposição segue aberta até sexta-feira (12), com visitação aberta das 8h às 17h.

Foto de Leonardo Henrique, 15 anos (@leonardo_henrique6521)

Conforme Estela, o nome da exposição, “Dos Trilhos pra Cá”, foi inspirado na música “Da Ponte Prá Cá”, dos Ice Blue e Mano Brown, dos Racionais MC's. A ponte mencionada no título da música simboliza a divisão entre o centro e a periferia. Em Adamantina, a linha férrea é um marco físico na paisagem urbana que delimita o Jardim Brasil de outros bairros e centro de Adamantina.

Publicidade

Cocipa - Hiper Cliente Feliz
Daiane Mazarin Estética

No início de fevereiro o SIGA MAIS publicou sobre a iniciativa, quando foi aberto o período de inscrições para participantes da oficina. “A oficina irá trabalhar conceitos básicos da fotografia como ângulos, iluminação e enquadramentos, mas terá uma abordagem humana, reforçando a importância de estar conectado com o ambiente e consigo mesmo, sempre observando nossas próprias emoções diante da imagem”, comentou Estela na ocasião. “Acho importante eles terem contato com a arte desde cedo e a fotografia é um meio que tanto pode se tornar profissão como também pode ser uma ferramenta potente de comunicação e expressão artística”, prosseguiu a profissional.

(Reprodução).

Publicidade

P&G Telecomunicações
Cóz Jeans
Shiba Sushi Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais