Saúde

Vacinação contra gripe segue até 31 de maio em Adamantina

Meta é vacinar 90% do grupo de risco. Até o momento, 57.77% desse público tomaram vacina.

Por: Da Redação atualizado: 16 de maio de 2019 | 19h08
Entre os idosos de Adamantina, 3.740 foram vacinados, de um universo de 5.941 pessoas da terceira idade (Fotos: Agência Brasil). Entre os idosos de Adamantina, 3.740 foram vacinados, de um universo de 5.941 pessoas da terceira idade (Fotos: Agência Brasil).

Em nota distribuída à imprensa na manhã desta quarta-feira (15), a Secretaria Municipal de Saúde de Adamantina informa que a vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio na cidade.

Segundo a nota, até o momento foram vacinadas 7.062 pessoas. Esse total indica que 57,77% do total de 12.223 pessoas que integram os grupos prioritários no município receberam a dose. No entanto, a meta é vacinar 90%.

A nota detalha ainda o alcance da imunização por grupo de risco, e revela que até o momento já foram vacinadas 837 das 1.954 crianças que tem 5 anos, 11 meses e 29 dias. Entre as gestantes, 179 foram vacinadas, de um universo de 278 gestantes nessa condição. Foram vacinadas ainda 52 puérperas, nesse mesmo grupo.

Junto aos idosos, 3.740 foram vacinados, de um universo de 5.941 pessoas da terceira idade. A vacinação também imunizou 1.448 pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, de um universo de 2.253 pessoas nessas condições.

A vacinação alcançou ainda a cobertura entre 504 trabalhadores da área da saúde e 302 professores, do total de 654 educadores.

A nota da Prefeitura de Adamantina informa ainda as unidades de saúde que estão aplicando a vacina: ESF do Jardim Adamantina; ESF Vila Cicma (Postão); ESF Estância Dorigo; ESF Mário Covas; ESF Cecap; PAS I (Nove de Julho) e PAS II da Vila Jardim. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
2019 - O ano de Super Vantagens
Monalisa Adamantina
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Haddad
Daiane Mazarin Estética

 Gripe já matou 99 pessoas no Brasil neste ano

Segundo a Agência Brasil, até 27 de abril último, pelo menos 535 pessoas foram hospitalizadas este ano no Brasil por síndrome respiratória aguda grave causada por influenza e 99 morreram em decorrência do quadro. De acordo com o Ministério da Saúde, do total de óbitos, 90% ocorreram em pessoas que já apresentavam fatores de risco para a gripe, como idosos, pacientes com doença crônica, crianças, gestantes, indígenas e puérperas. 

O novo boletim epidemiológico revela que o vírus H1N1 é predominante no país, até o momento, e responsável pela maior parte das mortes por influenza – sozinho, ele responde por 254 casos e 89 óbitos. Foram identificados ainda 54 casos de influenza A (H3N2); 38 de influenza A não subtipado; e 62 casos de influenza B. Outros 127 casos, segundo a pasta, ainda não tiveram o subtipo identificado.

Ainda de acordo com o levantamento, nos primeiros meses de 2019, a circulação de vírus do tipo influenza se deu com maior intensidade e de forma localizada no Amazonas, que registrou 139 casos e 35 óbitos. O estado de São Paulo também se destaca, com 107 casos e 7 óbitos.

Outros estados registraram mortes são: Paraná (11); Pará (7); Espírito Santo (6); Tocantins (5); Rio Grande do Norte (4); Ceará (3); Rondônia (3); Acre (2); Alagoas (2); Sergipe (2); Rio de Janeiro (2); Santa Catarina (2); Mato Grosso do Sul (2); Amapá (1); Bahia (1); Minas Gerais (1); Rio Grande do Sul (1); Mato Grosso do Sul (1), além do Distrito Federal (1).  

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais