Saúde

UniFAI vai repassar R$ 1,8 milhão à Santa Casa para construção do setor de ressonância magnética

Estrutura vai ampliar espaços de aprendizagem para os cursos de medicina, biomedicina e enfermagem.

Por: Da Redação atualizado: 28 de abril de 2021 | 17h42
Santa Casa terá equipamento de ressonância magnética. Obras do espaço que vai abrigar o serviço serão realizadas pela UniFAI (Imagem ilustrativa/Foto de Mart Production no Pexels). Santa Casa terá equipamento de ressonância magnética. Obras do espaço que vai abrigar o serviço serão realizadas pela UniFAI (Imagem ilustrativa/Foto de Mart Production no Pexels).

Duas leis aprovadas semana passada pela Câmara Municipal de Adamantina, e já vigentes, autorizam o Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) a repassar R$ 1.850.375,77 para a Santa Casa local, para obras de construção do setor de ressonância magnética, auditório, salas de apoio e outros espaços, que além e abrigar o novo serviço de diagnóstico por imagem, vai ampliar os ambientes de aprendizagem prática para os cursos de medicina, biomedicina e enfermagem.

O repasse dos recursos foi autorizado pela Lei Municipal Nº 4.049, de 23 de abril 2021, que por sua vez se deu com a abertura de crédito adicional especial no orçamento de 2021, por meio da Lei Municipal Nº 4.048, da mesma data.

O novo espaço, na Santa Casa, será um prédio de dois pavimentos. No piso inferior estará o setor de ressonância magnética, com a sala que vai abrigar o equipamento, além das salas de apoio, procedimentos, preparo e emergências decorrentes dos exames, e ainda, um auditório. No piso superior estão previstas salas e outros ambientes. Cada ambiente terá 372,75 m². A obra terá área total de 745,50 m².

Os recursos serão repassados pela UniFAI à Santa Casa em parcelas, de acordo como desenvolvimento da obra, com as obrigações de cada uma das partes a serem aditadas ao Termo de Colaboração já existente, celebrado em conformidade com a Lei Municipal Nº 3.825, de 25 de maio de 2018. A Santa Casa deverá prestar contas à UniFAI em até 30 dias após o repasse de cada uma das parcelas previstas no cronograma físico-financeiro da obra. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança

Ampliar serviços à população e estrutura de aprendizagem para cursos da UniFAI

Quando da tramitação dos projetos de lei sobre o tema, na Câmara Municipal, as mensagens que acompanham as matérias legislativas descrevem e justificam as iniciativas. Os recursos financeiros são provenientes das receitas próprias da UniFAI, e os projetos de lei foram de iniciativa do Poder Executivo Municipal.

De acordo com uma das mensagens, a Santa Casa local é um importante centro de formação de recursos humanos na área da saúde, apoiando e estruturando os pilares fundamentais da UniFAI, nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

Além disso, de acordo com a mensagem, o hospital é uma unidade estratégica na rede primária e secundária de atenção à saúde, por ser um centro de referência de baixa e média complexidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) e também por atender a rede privada e de convênios do município e região circundante, possuindo uma alta demanda de pacientes nas mais variadas especialidades médicas.

E ainda, por possuir profissionais atualizados e especializados em diversas áreas e também por possuir equipamentos voltados para a realização de diagnósticos e tratamentos (invasivos e não invasivos) – continua a mensagem – torna-se referência local e regional para os gestores do SUS, sendo peça-chave para a saúde pública.

Equipamento de ressonância magnética (Imagem ilustrativa/Foto de Mart Production no Pexels).

No que tange a apoio ao ensino nas áreas de saúde da UniFAI, a Santa Casa, assim como a rede básica de saúde, são o suporte e sustentação para o desenvolvimento das atividades práticas curriculares, atividades de estágio supervisionado e internato além do programa de Residência Multiprofissional em Saúde. “Dentro da estrutura de serviços hoje existente na Santa Casa é possível contemplar o processo de aprendizagem em diversas áreas, porém para que o processo se torne completo e eficaz, faz-se necessário a melhoria nos serviços de apoio ao diagnóstico”, menciona. 

Ainda de acordo com o texto da mensagem, o serviço de imagem hoje conta com raio x  digitalizado, tomógrafo e ultrassonografia. “E neste momento o serviço de ressonância magnética é de suma importância para melhorar não apenas a assistência à saúde, mas impulsionar ainda mais a qualidade da aprendizagem dos alunos da UniFAI quanto à elaboração de diagnóstico e descrição de tratamento, além das atividades acadêmicas diretas que serão desenvolvidas diretamente no setor de ressonância principalmente pelos cursos de medicina, biomedicina e enfermagem”, explica o poder público, na justificativa para os investimentos.

A mensagem termina descrevendo os ganhos que o setor de ressonância magnética trará para os cursos na área da saúde, da UniFAI. “A atualização do serviço de diagnóstico por imagem torna-se premente frente as novas e atuais tecnologias em saúde que acompanham o desenvolvimento e avanços da medicina e da ciência como um todo, tanto para aperfeiçoamento da capacidade de apoio terapêutico, quanto no auxílio às ações de ensino/pesquisa/extensão dos alunos de graduação e pós-graduação, no desenvolvimento de pesquisas nesse tocante e no atendimento à população de uma forma geral”, conclui.

Publicidade

Nativa FM Adamantina
Insta do Siga Mais
93 FM Adamantina
Radio Brasil FM

Publicidade

Cinema