Saúde

Santa Casa implanta visita ampliada das 12h30 às 20h30 a partir de 25 de abril

Medida atinge setores de internação masculino e feminino, maternidade e pediatria, do SUS.

Por: Da Redação atualizado: 9 de abril de 2016 | 12h21
Santa Casa implanta visita ampliada das 12h30 às 20h30 a partir de 25 de abril (Foto: Arquivo). Santa Casa implanta visita ampliada das 12h30 às 20h30 a partir de 25 de abril (Foto: Arquivo).

A partir do dia 25 de abril, a Santa Casa de Adamantina passa a oferecer visita ampliada aos pacientes do SUS. A ação faz parte das ações de humanização hospitalar e foi sendo estruturada a partir de um grupo de trabalho multidisciplinar, com profissionais da instituição, dentro dos parâmetros da Política Nacional de Humanização (PNH).
Assim, a partir de 25 de abril, o horário de visita aos setores de internação masculino e feminino, maternidade e pediatria, do SUS, será das 12h30 às 20h30, diariamente. Posteriormente, e após o objetivo é ampliar, também, o horário de visitação à UTI.
De acordo com o folder, com orientações sobre essa nova dinâmica, será permitida a entrada de um visitante por vez, para cada paciente, ao longo dessa janela de horário. No caso de pacientes em isolamento, a visita será regulada pela equipe multiprofissional.
Ainda de acordo com o folder informativo, a visita ampliada não tira o direito a acompanhantes, aos casos previstos em lei, como acompanhantes de idosos, por exemplo. Entre as regras gerais, há recomendações de não fumar e não levar alimentação aos pacientes internados.

Sensibilização interna

A experiência de atuar com visita ampliada se mostrou positiva em diversos hospitais brasileiros, e os reflexos ao paciente são bastante significativos, sobretudo por permitir a presença de familiares e amigos, em um período de recuperação hospitalar do paciente.
Para dar esse passo, foi montado um grupo de trabalho multidisciplinar (Grupo de Humanização), envolvendo todas as áreas do hospital, no sentido de sensibilizar e envolver toda a equipe técnica e administrativa.
A estruturação da proposta buscou ouvir esses diversos profissionais, colhendo as expectativas e sugestões, como por exemplo a definição do horário. Nesse desafio, foram mobilizados parceiros externos, como uma equipe de consultoria e a própria área da Diretoria Regional de Saúde (DRS) de Marília, que trata da política de humanização na saúde pública.

Garantir vínculos do paciente com familiares e amigos

Dentre os objetivos da visita ampliada, os profissionais da saúde da Santa Casa de Adamantina esperam captar mais informações do contexto de vida do usuário/paciente, possibilitando um diagnóstico mais abrangente, além de ajudar na identificação das necessidades do usuário/paciente, a fim de facilitar a elaboração do projeto terapêutico.
Entre outras expectativas com a visita ampliada, está o desafio de integrar os familiares no processo das mudanças provocadas pelo motivo da internação e possíveis limitações advindas da enfermidade, orientar os membros da família quanto ao papel de cuidadores, garantir o vínculo afetivo da pessoa internada com seus familiares e amigos e fortalecer, na pessoa que está doente, a sua identidade pessoal e sua auto-estima.
 

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais