Saúde

Programa Saúde Itinerante da UniFAI (PSIU) inicia atendimentos na EMEF Prof.ª Teruyo Kikuta

Programa é uma parceria entre UniFAI e Prefeitura, com atendimentos itinerantes na área de saúde.

Por: Daniel Torres | UniFAI atualizado: 26 de fevereiro de 2019 | 09h00
Programa Saúde Itinerante da UniFAI (PSIU) iniciou nesta semana atendimentos na EMEF Prof.ª Teruyo Kikuta; programa é uma parceria entre UniFAI e Prefeitura, com atendimentos itinerantes na área de saúde (Foto: Daniel Torres). Programa Saúde Itinerante da UniFAI (PSIU) iniciou nesta semana atendimentos na EMEF Prof.ª Teruyo Kikuta; programa é uma parceria entre UniFAI e Prefeitura, com atendimentos itinerantes na área de saúde (Foto: Daniel Torres).

Foi apresentado nestas segunda e quarta-feira, dias 18 e 20, aos pais dos alunos dos períodos matutino e vespertino da Escola Municipal (EMEF) Prof.ª Teruyo Kikuta, na Vila Jardim, o Programa Saúde Itinerante da UniFAI (PSIU), uma iniciativa do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, em parceria com a Prefeitura de Adamantina, com apoio das secretarias de Saúde e da Educação.

A solenidade reuniu representantes das instituições parceiras e a comunidade escolar, recepcionados pela diretora da Escola, Prof.ª Keli de Jesus, onde prefeito Márcio Cardim (DEM), o reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, o Pró-Reitor de Extensão, Prof. Dr. Vagner Amado Belo de Oliveira, detalharam a dinâmica do Programa. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Monalisa Adamantina

Publicidade

Haddad
JVR Segurança

Também se fizeram presentes ao ato os médicos e docentes de Medicina Prof. Dr. Joel Carlos Lastoria (Dermatologia) e Prof.ª Dra. Maria Stella de Mello Ayres Putinatti (Saúde Pública) e o assessor político Cléber Bragato, representante do deputado estadual Mauro Bragato (PSDB).

No evento, o prefeito parabenizou a parceria entre Prefeitura e UniFAI e a importância desta ação, objetivando a consolidação de Adamantina como um polo regional de saúde.

 “Esse projeto de extensão da UniFAI é inovador e uma nova experiência. Através da parceria com a Prefeitura, secretarias de Educação e de Saúde e comunidade do bairro, visa fortalecer a saúde familiar e facilitar o acesso à saúde. As ações serão voltadas às avaliações, monitoramento e acompanhamento de saúde ambulatorial. O Programa Saúde Itinerante da UniFAI é totalmente voltado para o ensino e envolve vários cursos da área da saúde da Instituição”, informou o reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva.

A diretora da escola se disse encantada com o PSIU por se tratar de algo que a Escola ou a Educação almejava há muito tempo. “Com esta parceria, podemos fortalecer os vínculos com a saúde do nosso público e a Educação. Este público que, muitas vezes aguarda meses para um atendimento com um especialista das modalidades que nos foram oferecidas, pôde ‘encurtar’ o caminho [de acesso à saúde] com o direcionamento da especialidade mais adequada para sua necessidade inicial. Sabemos que o não atendimento num destes campos de atuação afetará diretamente a aprendizagem e o rendimento das nossas crianças”, destacou a professora Keli de Jesus.

O PSIU

O PSIU objetiva fortalecer a saúde familiar, facilitar o acesso à saúde, realizar ações de avaliações, monitoramento e acompanhamento de saúde ambulatorial e promover a interação e integração da UniFAI junto à população.

As avaliações médicas dos estudantes atendidos na escola, com autorização dos pais, serão enviadas por meio de um provedor da Secretaria da Saúde de forma a criar uma ficha médica de cada aluno.

O Programa teve início em novembro de 2018 na Escola Municipal Eurico Leite de Moraes, na qual foram atendidas aproximadamente 160 crianças de seis a 11 anos nas especialidades de Pediatria, Dermatologia e Neurologia, através de um acompanhamento médico geral.

No primeiro momento, o Programa teve como piloto o “Projeto de Pediatria”, em que os alunos de Medicina, juntamente com profissionais (médicos) de cada área, realizaram avaliações junto às crianças da escola. Segundo o pró-reitor de Extensão, as avaliações contemplaram uma abordagem geral de cada criança, com observação ao peso, altura e acuidade visual.

A abordagem realizou também avaliações dermatológicas (saúde da pele), com avaliação e busca de doenças dermatológicas infecciosas e parasitárias, busca de casos de lesões pré-cancerosas e cancerosas e busca de casos de doenças genéticas em pele.

Outro núcleo do PSIU realizou avaliações neurológicas (saúde do sistema nervoso): com abordagem sobre o crescimento de desenvolvimento dos movimentos, habilidades motoras, coordenação motora e força muscular e busca de doenças neurológicas congênitas.

 “Futuramente, outras áreas da saúde serão inseridas como Odontologia, Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, dentre outros. O PSIU, na área da saúde, faz parte de uma trilogia de programas da Pró-Reitoria de Extensão que também envolve o esporte (ProEduc) e a agricultura (PPAF) em parceria com a Prefeitura de Adamantina”, completou o pró-reitor de Extensão Prof. Dr. Vagner Oliveira.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Youtube