Saúde

Prefeitura de Marília lança Programa Remédio em Casa

Programa vai atender pessoas acamadas e aquelas com mobilidade reduzida.

Por: Da Assessoria atualizado: 10 de março de 2020 | 11h31
Veículo da secretaria municipal de saúde fará a entrega dos medicamentos aos pacientes que se enquadram no programa (Foto: Da Assessoria). Veículo da secretaria municipal de saúde fará a entrega dos medicamentos aos pacientes que se enquadram no programa (Foto: Da Assessoria).

A Prefeitura de Marília lança oficialmente nesta segunda-feira (9) o Programa Remédio em Casa para atender pessoas acamadas e também aquelas com mobilidade reduzida.

O principal objetivo do programa, vinculado à Secretaria Municipal da Saúde, é garantir mais conforto e acesso aos medicamentos, além de facilitar a vida dessas pessoas, contribuindo para que não haja interrupções nos tratamentos.

Para ter acesso ao programa, o paciente ou o cuidador responsável deve procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) ou USF (Unidade de Saúde da Família) mais próxima e preencher um termo de adesão, sendo necessário levar o RG e o Cartão SUS. O termo poderá ser preenchido também nas farmácias municipais existentes na cidade.

Após aderir ao programa, o paciente que passar por consulta médica e receber uma receita deverá entregá-la na unidade de saúde mais próxima ou nas farmácias municipais para que esta seja encaminhada à central de separação dos medicamentos. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Dra Maria Gabriela Tiveron
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Desta forma, durante todo o tratamento prescrito, o paciente receberá a medicação em sua casa, sendo feitas três tentativas de entrega. A caixa contendo a medicação chegará lacrada e só pode ser aberta pelo paciente.

(Foto: Da Assessoria)

A supervisora de Assistência Farmacêutica, Rosângela Campanhã da Silva, disse que o Remédio em Casa irá atender milhares de pessoas. “Somente de pessoas acamadas temos cerca de 2 mil pacientes, sem contar aqueles com mobilidade reduzida. Será realmente uma grande comodidade para esses pacientes, que receberão o medicamento em casa e não correrão risco de interrupção no tratamento”.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais