Saúde

Menino de 8 anos morre após ser baleado no rosto pelo primo de 11 anos, em Lins

Arma era do namorado da prima da vítima e estava no guarda-roupas, na casa dela.

Por: Da Redação atualizado: 20 de setembro de 2021 | 11h15
Arma de onde partiu o disparo (Divulgação/Polícia Civil). Arma de onde partiu o disparo (Divulgação/Polícia Civil).

Pedro Henrique Ricardo dos Santos, de 8 anos, morador em Lins, morreu nesta sexta-feira (17), depois de não resistiu aos ferimentos decorrentes de um rito no rosto, disparado acidentalmente pelo primo de 11 anos. O caso foi na segunda-feira (13), e desde então a criança estava internada na UTI do Hospital das Clínicas de Botucatu.

Conforme o boletim de ocorrência, a mãe do menino declarou que havia deixado o filho na casa de uma sobrinha. Ele e um primo de 11 anos brincavam, quando o mais velho foi mostrar um revólver que seria do namorado da irmã, provocando então o disparo acidental, atingindo o rosto da criança de 8 anos.

(Divulgação/Polícia Civil).

Ao retornar ao imóvel para pegar o filho, o encontrou caído no chão. Com a ajuda de moradores, a criança foi levada à Santa Casa de Lins e diante da gravidade, transferida para Botucatu, onde não resistiu e morreu nesta sexta-feira.

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado

Na terça-feira (14), um dia após o disparo, a prima da vítima – irmã do menino que fez o disparo – se apresentou à Polícia Civil, juntamente com o namorado. O rapaz confessou que a arma era dele e estaria guardada em um guarda-roupas.

A arma foi apreendida pela Polícia Civil e na oportunidade o casal indiciado sob acusação de posse irregular de arma de fogo, omissão de cautela na guarda de arma de fogo e lesão corporal culposa. Agora, com a morte da criança, esse agravante deve ser acrescido aos autos do inquérito policial.  

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais