Saúde

Idosos de 70 anos que morreu em janeiro em Osvaldo Cruz tinha dengue

Paciente tinhas outras limitações de saúde e seu quadro se agravou ao contrair dengue.

Por: Da Redação atualizado: 14:58
Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue (Foto: Genilton Vieira/IOC). Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue (Foto: Genilton Vieira/IOC).

A Prefeitura de Osvaldo Cruz, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou nota nesta quarta-feira (12) onde confirma que um homem de 70 anos de idade, que morreu no final de janeiro deste ano, era portador de dengue.

Na nota, a Vigilância Epidemiológica da cidade esclarece que o paciente apresentava algumas comorbidades e teve dengue, o que agravou seu quadro de saúde e culminou com seu falecimento. O exame para diagnóstico da dengue foi realizado em Osvaldo Cruz.

O paciente residia no Conjunto Habitacional Mário Covas. O idoso era hipertenso (pressão alta), cardiopata (problemas de coração) e diabético. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança

A Prefeitura de Osvaldo Cruz decretou estado de emergência por causa da epidemia de dengue que atinge o município e já fez 155 doentes em 2020.

Essa foi a segunda morte decorrente da doença, neste ano, no Estado, segundo publicou segunda-feira (10) o Portal do Governo de SP. Segundo o site, no mês de janeiro foram confirmados 10.890 casos de dengue, com 2 óbitos, sendo eles em Presidente Venceslau e Osvaldo Cruz.

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais