Saúde

Idosa de 69 anos morre em Dracena após contrair dengue

Óbito ocorreu no domingo (2) e caso foi divulgado nesta sexta-feira (7).

Por: Da Redação atualizado: 9 de janeiro de 2022 | 15h46
Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue (USP Imagens). Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue (USP Imagens).

A Vigilância Epidemiológica (VE) de Dracena divulgou na tarde desta sexta-feira (7) o óbito de uma idosa de 69 anos, moradora na área central da cidade, em decorrência da dengue. De acordo com o órgão, o óbito ocorreu no domingo (2), na Santa Casa do município, onde estava hospitalizada.

Com o caso notificado a VE fez o trabalho de bloqueio contra criadouros na região onde a vítima residia e promoveu o trabalho de nebulização. Foi constatado que ela não havia viajado.

De acordo com o órgão, nesses primeiros dias de 2022 a cidade tem cinco casos positivos de dengue. A equipe de agentes de controle de vetores tem realizado bloqueios de áreas onde há pessoas positivadas com a doença, fazendo nebulização e também em locais onde há casos suspeitos. Segundo a VE, a nebulização só ocorre quando há casos positivos. “Estão sendo encontrados muitos focos, larvas, em residências e estabelecimentos comerciais”, alerta.

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

Dengue em Dracena: 420 casos no ano passado

No ano passado, foram 420 casos da dengue, e não houve mortes em decorrência da doença. Em 2020, o município viveu epidemia de dengue, com 3.065 casos positivos, porém não houve óbitos.    

A VE ressalta a população para não se descuidar da limpeza dos quintais principalmente, porque agora neste início de ano, com as pancadas de chuva, e sol quente, o mosquito Aedes aegypti procria com maior facilidade. “As doenças transmitidas pelo inseto não deixaram de existir, é preciso todo cuidado”, conclui a nota.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais