Saúde

Corujão da Saúde chega à região de Presidente Prudente

Na região de Presidente Prudente serão realizados 48.309 exames.

Por: Portal do Governo de SP atualizado: 15 de abril de 2019 | 11h43
Quase 34 mil exames de ultrassom serão realizados na região de Presidente Prudente, no Corujão da Saúde (Ilustração). Quase 34 mil exames de ultrassom serão realizados na região de Presidente Prudente, no Corujão da Saúde (Ilustração).

O Governador João Doria anunciou, nesta sexta-feira (12), a ampliação do “Corujão da Saúde” para mais quatro regiões do Estado a partir deste mês.

A meta é zerar a demanda por diagnósticos com a realização de 137.229 exames de endoscopia, mamografia e ultrassonografia nas regiões de Presidente Prudente, Bauru, Baixada Santista e São José do Rio Preto.

A Secretaria de Estado da Saúde vai contratar serviços privados de saúde interessados em participar do programa, além de ampliar a oferta de atendimentos em órgãos públicos estaduais.

“Dezenas de cidades que passarão a ser beneficiadas com o programa do ‘Corujão da Saúde’. A meta é zerar a demanda reprimida de diagnósticos para exames de imagem, sobretudo endoscopia, mamografia e ultrassonografia”, destacou o Governador João Doria.

Edital

O edital de chamamento público para os serviços privados de saúde foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta. As propostas deverão ser apresentadas até o dia 19 de abril.

Os exames serão realizados em horários alternativos em hospitais ou laboratórios privados e também com a ampliação da oferta nos serviços da rede própria estadual – hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), onde os atendimentos começam na segunda quinzena de abril.

Na região de Presidente Prudente serão realizados 48.309 exames. A previsão é de 5.980 endoscopias, 8.426 mamografias e 33.903 exames de ultrassom.

A região de Rio Preto receberá 8.100 exames de endoscopia, 4.930 de mamografia e 36.330 de ultrassonografia, totalizando 49.360 atendimentos.

Em Bauru e região, o programa contemplará 38.626 exames, dos quais 6.570 endoscopias, 3.504 mamografias e 28.552 ultrassonografias.

Na Baixada Santista, serão feitos 873 exames de endoscopia e 61 ultrassonografias, totalizando 934 atendimentos.

“Combater a demanda reprimida por exames na rede pública é um dos nossos principais compromissos, visando agilizar o diagnóstico e o tratamento dos pacientes. Contamos com a colaboração dos pacientes para que compareçam nos agendamentos e aproveitem a oportunidade de realizar os exames gratuitamente”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Monalisa Adamantina
Supermercado Godoy
2019 - O ano de Super Vantagens

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Haddad
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

“Corujão da catarata”

A partir de maio, o programa também vai englobar cirurgias de catarata em todas as regiões do Estado.

A iniciativa prevê a realização de 6.387 cirurgias extras de catarata entre maio e julho. As operações serão feitas em 36 serviços estaduais de saúde, entre AMEs e hospitais.

Os procedimentos serão realizados em pacientes que estão cadastrados na Cross (Central de Regulação de Vagas do Estado), que já possuem indicação médica e estão aptos a realizá-los.

O investimento para custear os procedimentos extras será de R$ 6,3 milhões.

Sobre o “Corujão da Saúde”

O programa começou em 25 de fevereiro nas regiões da Grande São Paulo, Campinas e Vale do Paraíba, com meta de 155,2 mil exames. Em apenas 44 dias, foi possível zerar a demanda reprimida de mamografias na Região Metropolitana da capital.

Até o momento, 56,6 mil agendamentos já foram ofertados, e outras 32,8 mil vagas estão disponibilizadas para as três regiões. Nessa fase inicial, o Governo do Estado verificou índice de 28,7% de absenteísmo. A taxa de ausência é considerada alta – em média, para cada quatro exames agendados, ao menos um acaba adiado por não comparecimento do paciente.

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais