Saúde

Casos suspeitos de hanseníase serão atendidos na quinta–feira

Atendimento nesta quinta-feira (31) será das 8h às 11h somente no Centro de Saúde (Postão).

Por: Assessoria de Imprensa atualizado: 1 de fevereiro de 2019 | 07h58
Hanseníase tem cura. Atendimento e medicamentos são oferecidos gratuitamente pelo SUS (Ilustração). Hanseníase tem cura. Atendimento e medicamentos são oferecidos gratuitamente pelo SUS (Ilustração).

A Secretaria de Saúde de Adamantina informa que realizará no período da manhã de quinta-feira (31) um atendimento especial aos casos suspeitos de hanseníase somente no Centro de Saúde, mais conhecido como “Postão”.

Conforme explica a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VEP), Myriam Prado, a hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada pela bactéria Mycobacterium leprae, caracterizada pelo comprometimento dos nervos periféricos, com perda/alteração de sensibilidade cutânea térmica, dolorosa e/ou tátil e de força muscular, o que pode gerar incapacidades físicas permanentes, principalmente em mãos, pés e olhos.

 “O diagnóstico precoce continua sendo o elemento individual mais importante na cura da doença, prevenção de deficiências e redução da transmissão e baseia-se em sinais e sintomas clínicos e histórico epidemiológico”, afirma.

Os medicamentos para a hanseníase são chamados de Poliquimioterapia - PQT, que é distribuído gratuitamente nas unidades de saúde.

“Esses medicamentos curam a doença, interrompem a transmissão e previnem as incapacidades físicas. Os esquemas terapêuticos variam de acordo com a classificação operacional do doente, podendo ser Paucibacilar (6 cartelas) ou Multibacilar (12 cartelas)”, expõe. (Continua após a publicidade)

Publicidade

Supermercado Godoy
Monalisa Adamantina

Publicidade

JVR Segurança
Haddad

Entre 2014 e 2018, foram registrados em Adamantina 28 casos da doença.

Os sintomas mais comuns são: manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade térmica (ao calor e frio), tátil (ao tato) e à dor, que podem estar principalmente nas extremidades das mãos e dos pés, na face, nas orelhas, no tronco, nas nádegas e nas pernas; área de pele seca e com falta de suor, sensação de formigamento, dor e sensação de choque, ulceras de pernas e pés e caroços no corpo. Há ainda casos em que não há lesões na pele, mas ocorre o comprometimento de nervos periféricos.

“É importante que a população visite uma das nossas UBS para tirar todas as dúvidas sobre a doença”, finaliza.

Sobre – Os atendimentos dos casos suspeitos de hanseníase serão realizados das 8h às 11h somente no Centro de Saúde “Postão”, localizado na Av. Vitório Romanini, 16 -Vila Cicma, em Adamantina.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Youtube