Polícia

TOR da PM Rodoviária apreende carga com quase 4 toneladas de maconha na região

Droga era levada na carroceria de caminhão. Motorista disse que receberia diária de R$ 200.

Por: Da Redação atualizado: 3 de março de 2021 | 13h48
Droga estava oculta em meio a uma carga de caixas plásticas (Cedida/PM Rodoviária). Droga estava oculta em meio a uma carga de caixas plásticas (Cedida/PM Rodoviária).

Um homem de 29 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas na tarde desta segunda-feira (1) na Rodovia Olímpio Ferreira da Silva (SP-272), altura do km 24,5, em Presidente Bernardes, transportando 3.913,200 quilos de maconha na carroceria de um caminhão com placas de Arapongas (PR).

A abordagem ao veículo se deu durante o desenvolvimento da operação “Toque de Restrição” em combate a ilícitos administrativos e penais, em especial ao tráfico de drogas, pela equipe TOR "B" (Tático Ostensivo Rodoviário), pertencente ao efetivo da 2° Companhia do Policiamento Rodoviário de Presidente Prudente.

(Cedida/PM Rodoviária).

No trabalho policial, os agentes abordaram um caminhão Iveco/Tector, de categoria aluguel, com placas de Arapongas (PR), conduzido por um homem de 29 anos. Durante a fiscalização, a equipe notou grande nervosismo no condutor, além de respostas desencontradas sobre os motivos e destino da viagem. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

Diante do fato, a equipe realizou uma busca minuciosa nos pertences do condutor e no veículo, e após a realização de toda a fiscalização e busca veicular, a equipe localizou grande quantidade de maconha na carroceria do veículo. A droga estava oculta em meio a uma carga de caixas plásticas.

(Cedida/PM Rodoviária).

Diante da constatação, o motorista recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas. O caso foi apresentado pela PM Rodoviária junto à Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente. Pesada, a droga totalizou 3.913,200 quilos.

Em depoimento preliminar, o motorista disse que realizava o transporte da droga de Dourados (MS) para a cidade de Assis, recebendo a diária de R$ 200.

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema