Polícia

Rapaz tenta socorrer irmão e acaba morto a facadas

Vítima atingiu agressor com uma cadeira e acabou golpeado no pescoço.

Por: Visão Notícias | Marília
Flávio Aparecido Matheus morreu após ser golpeado com faca, na altura do pescoço (Reprodução/Visão Notícias Marília). Flávio Aparecido Matheus morreu após ser golpeado com faca, na altura do pescoço (Reprodução/Visão Notícias Marília).

Foi velado e sepultado nesta segunda-feira (30), no velório municipal de Pompeia, o corpo do entregador Flávio Aparecido Matheus, de 38 anos. Ele morreu ontem, no final da tarde, esfaqueado ao tentar socorrer o irmão que estava sendo agredido a facas pelo vizinho.

O irmão de Flávio está internado em estado grave na Santa Casa de Marília. O autor das agressões foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

A tragédia ocorreu no bairro Flândria, em Pompeia. De acordo com testemunhas, Adilson Aparecido Matheus, de 36 anos, estava discutindo com o vizinho da frente (dono de um bar).

O motivo seriam bombas atiradas pelo acusado (Fábio dos Santos Conceição Gomes, de 37 anos) e que estariam assustando crianças, mas a polícia ainda investiga essa versão - não consta no boletim de ocorrência.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Monalisa Adamantina
Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Haddad

Tentou evitar tragédia e acabou morto

Flávio se aproximou e tentou acalmar os ânimos, mas não conseguiu. Em determinado momento seu irmão Adilson foi atacado a golpes de faca por Fábio. Na tentativa de evitar uma tragédia, a vítima pegou uma cadeira e atingiu o agressor, mas acabou sofrendo um golpe de faca, na altura do pescoço.

Flávio Aparecido Matheus acabou morrendo no local. Seu irmão foi atingido no pulmão e também na cabeça, sendo socorrido à Santa Casa de Marília. O acusado das agressões, Fábio dos Santos Conceição Gomes, ficou sentado na frente do seu bar, aguardando a chegada da Polícia Militar.

Ele sofreu ferimentos numa das mãos, passou pela UPA da zona norte, e posteriormente autuado em flagrante na Central de Polícia Judiciária em Marília.

A faca usada no crime não foi encontrada. Mas, a polícia apreendeu uma faca que estava na casa de Adilson e também uma "ponta de lança" com o autor das agressões. Estes objetos passarão por perícia.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais