Polícia

Rapaz de 22 anos morre ao capotar camionete na vicinal Adamantina/Mariápolis

Condutor da camionete morre após capotar veículo. Foi socorrido em estado grave, mas não resistiu.

Por: Aqui Lucélia | Com informações do Diário do Oeste atualizado: 25 de maio de 2020 | 11h48
Daniel Mangaia não resistiu aos ferimentos e morreu após o acidente (Redes Sociais/PM Rodoviária). Daniel Mangaia não resistiu aos ferimentos e morreu após o acidente (Redes Sociais/PM Rodoviária).

O condutor de uma camionete com placas de Lucélia morreu na noite desta sexta-feira (22) ao capotar o veículo na rodovia Adamantina/Mariápolis (Acesso SPA-592/294). Chovia no momento do acidente, que ocorreu por volta das 21h45, fazendo vítima fatal o jovem Daniel Mangaia (Daniel Henrique dos Santos Jassi), de 22 anos, morador em Adamantina (e não Lucélia, como divulgado anteriormente). Ele trabalhava em uma empresa de Lucélia.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o condutor seguia com a camionete GM S-10 pela rodovia quando, na altura do km 15, em Mariápolis, e por motivos a serem apurados, perdeu o controle de direção e capotou o utilitário. 

Por motivos a serem apurados, camionete capotou (Foto: PM Rodoviária)

O motorista ficou preso às ferragens e foi socorrido com a chegada da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Adamantina, com ferimentos de natureza grave, porém não resistiu. Ele é vítima única do acidente. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética

A ocorrência mobilizou equipes da Polícia Militar Rodoviária, policiamento territorial da PM, Corpo de Bombeiros, Polícia Científica e Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Polícia Civil.

Velório e sepultamento

Segundo a Funerária Flor de Lotus, a velório da vítima aguarda a liberação do corpo pelos peritos do IML. A previsão é que o velório seja iniciado às 13h e vai acontecer no Memorial Flor de Lotus, com sepultamento previsto para 16h, no Cemitério da Saudade.

Por medida de segurança e saúde pública diante da Covid-19, e seguindo as determinações do poder público, há restrição no número de pessoas no velório, reservado apenas aos familiares mais próximos.

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais