Polícia

PM Ambiental resgata cão castrado em república; estudantes postaram em vídeo que fariam a castração

Estudantes postaram vídeos na internet, informando que iram castrar o animal.

Por: Da Redação atualizado: 16 de junho de 2021 | 10h11
Cão castrado em uma república de estudantes, resgatado pela Polícia Ambiental (Divulgação/PM Ambiental). Cão castrado em uma república de estudantes, resgatado pela Polícia Ambiental (Divulgação/PM Ambiental).

A Polícia Militar Ambiental resgatou um cão, na noite desta segunda-feira (14), que havia sido castrado por estudantes de medicina veterinária. O cachorro foi localizado na república onde os estudantes moram, após os estudantes terem publicado um vídeo no Instagram divulgando que castrariam o animal.

Após tomar conhecimento do vídeo, uma equipe da PM Ambiental foi até a moradia estudantil, no Jardim Vale do Sol. Porém os responsáveis pela postagem não estavam pelo local.

(Divulgação/PM Ambiental).

(Divulgação/PM Ambiental).

Se acordo com a PM Ambiental, foram encontrados dois cães no quintal, sendo um deles de cor branca, raça labrador, aparentando estar sedado e com dificuldade de locomoção, e com uma sutura próximo ao órgão genital, aparentando ter sofrido castração. Os policiais também localizaram a mesa mostrada no vídeo, onde foi feito o procedimento cirúrgico, bem como os materiais utilizados como luvas cirúrgicas, compressas de gazes sujas de sangue, embalagens com agulhas, fio de sutura e seringas. Em uma lata de lixo foi encontrado o testículo do animal.

(Divulgação/PM Ambiental).

A PM Ambiental mobilizou um médico veterinário, que compareceu ao local e atestou que o animal passou pelo procedimento de castração. Foi acionado também um membro do Conselho Municipal de Proteção Animal e Presidente, do grupo de proteção animal “Beco da Esperança”, que ficou responsável pelo cão até sua total recuperação.

(Divulgação/PM Ambiental).

Depois da constatação, a ocorrência foi apresentada pela PM Ambiental junto à Polícia Civil de Presidente Prudente, e tão logo os autores sejam localizados,  as providências administrativas serão tomadas.

Unoeste se manifesta

Em nota, a Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) – onde os envolvidos cursam medicina veterinária – se manifestou totalmente contra a prática de tal procedimento fora do hospital veterinário e que serão tomadas todas as medidas cabíveis.  (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

A posição da Universidade foi publicada nas redes sociais da instituição. “Em razão de fotos e vídeos divulgados nas redes sociais de uma castração irregular de animal fora do ambiente da universidade, provavelmente em local domiciliar. Informamos que não compactuamos e repudiamos atitudes que denigram a saúde mental ou física de qualquer ser vivo. Temos, inclusive Comitês de Ética que regulam todo o tratamento com animais na universidade. Mesmo que o fato tenha ocorrido fora do ambiente acadêmico, se comprovado ato ou crime, os estudantes estarão sujeitos às penalidades da lei e do regimento geral da instituição. Lembramos que a Unoeste é referência no atendimento a animais de pequeno e grande porte na região. Seus serviços colaboram para o bem-estar dos animais e consequentemente do ser humano. Trataremos o caso com toda a atenção merecida”, informa.

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Insta do Siga Mais

Publicidade

Energisa