Polícia

PF deflagra operação contra possíveis fraudes em licitações em Tupã, feitas em 2020, na pandemia

São investigadas contratações realizadas na pandemia, em 2020, pela Prefeitura de Tupã.

Por: Polícia Federal | Comunicação Social atualizado: 7 de dezembro de 2022 | 08h44
Mandados são cumpridos nesta terça-feira, 6, na cidade de Tupã (Divulgação/PF). Mandados são cumpridos nesta terça-feira, 6, na cidade de Tupã (Divulgação/PF).

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (6) a fase ostensiva da Operação Esparrela, com o objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal, visando à coleta de elementos de informação que possibilitem desvelar autoria e materialidade de supostos crimes, tendo em vista a suspeita de ocorrência de fraude em processos de licitação (nº 296/2020, 332/2020 e 345/2020) promovidos pela Prefeitura Municipal de Tupã.

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

Os processos tiveram por objeto a contratação de prestação temporária de serviços de cuidadores e encarregados de limpeza em instituição de acolhimento de idosos durante o período pandêmico de Covid-19, bem assim, eventual malversação de recursos públicos federais disponibilizados por intermédio de Termo de Colaboração.

Por se tratar de investigação que tramita em segredo de Justiça, não serão divulgados nomes de pessoas envolvidas, ressaltando-se, no entanto, que tanto órgãos públicos quanto endereços de agentes políticos não foram objeto das buscas.

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Cóz Jeans
Nova Foto e Ótica

Publicidade

Insta do Siga Mais