Polícia

Marília: homem mata ex-mulher a tiros dentro de ônibus e depois tira a própria vida

Homem não aceitava a separação do casal. Ele matou a mulher e depois tirou a própria vida.

Por: Visão Notícias | Marília atualizado: 29 de janeiro de 2020 | 11h02
Coletivo estava com cerca de 40 passageiros quando criminoso entrou e começou a atirar. Logo depois do crime ele foi encontrado morto (Reprodução: Visão Notícias). Coletivo estava com cerca de 40 passageiros quando criminoso entrou e começou a atirar. Logo depois do crime ele foi encontrado morto (Reprodução: Visão Notícias).

Terminou de forma trágica nesta manhã mais um caso de separação familiar em Marília. Uma mulher foi assassinada a tiros pelo ex-companheiro, dentro de um ônibus, no distrito de Padre Nóbrega, zona norte de Marília. Pouco depois, o suspeito foi encontrado morto. Ele se matou com um tiro na cabeça.

O casal havia se separado há cerca de três meses e não tinha filhos. De acordo com os irmãos do acusado, ele não aceitava a separação. Tanto que a vítima, Elizabeth Aparecida Porta Raimundo, de 35 anos, já havia registrado boletins de ocorrência contra o autor acusando-o de ameaças e violência doméstica.

Desde às 4h desta madrugada o ex-marido, Cristiano Raimundo, de 40 anos, começou a planejar o crime. Ele sabia da rotina da ex-companheira, que estava morando na casa de uma amiga no bairro Maracá. Ela seguia de ônibus logo cedo para o trabalho, na indústria Dori, na avenida República, na linha de produção.

A vítima ainda tentou voltar ao ônibus para se proteger quando foi morta ainda na porta de entrada do coletivo (Reprodução: Visão Notícias).

O motorista do ônibus da Grande Marília disse ao portal Visão Notícias que quando chegou em frente à escola estadual de Nóbrega um homem aparentando cerca de 40 anos entrou no ônibus como se fosse um passageiro. Quando começava a seguir a sua linha escutou um primeiro tiro e gritos do suspeito pedindo para que abrisse as portas. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
Haddad
Dra Maria Gabriela Tiveron
JVR Segurança

Houve desespero entre os demais passageiros (cerca de 40) que tentavam sair desesperadamente do coletivo. Logo em seguida, o criminoso queria levar a mulher a força até o seu carro que estava parado nas proximidades, mas ela tentou sair correndo. Ao tentar retornar ao ônibus, foi cercada e morta com um tiro na cabeça.

A UTI Móvel do SAMU foi acionada, mas o médico constatou a morte no local. Toda a cena foi gravada pelas câmeras de segurança.

Suicídio

Enquanto a Polícia Militar iniciava patrulhamento para tentar identificar o Gol preto, usado na fuga, surgiu a informação de que o homem havia tirado a própria vida com um tiro contra a cabeça. 

O homem acabou tirando a própria vida momentos depois de matar a ex-esposa (Reprodução: Visão Notícias).

O corpo foi localizado numa estrada de terra pouco depois do cruzamento com a avenida República, no distrito Industrial, ainda na zona norte de Marília. Um irmão do homem relatou que ele tinha filhos de outros relacionamentos e não com a vítima.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais