Polícia

Homem morre ao ser prensado por caminhão em obra

Vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Tragédia foi em obra de loteamento.

Por: Da Redação atualizado: 20 de julho de 2019 | 11h29
Homem morre ao ser prensado por caminhão em obra

Um homem morreu na manhã desta sexta-feira (19), em Adamantina, após ter o corpo prensado por um caminhão basculante em obra, em um loteamento na cidade. Segundo informações iniciais, a caçamba do caminhão caiu sobre seu corpo.

A equipe do Corpo de Bombeiros de Adamantina foi chamada até o local e prestou socorro imediato à vítima, fazendo sua remoção e o encaminhamento em situação de emergência ao pronto-socorro da Santa Casa, onde foi constatado o óbito.

A identidade da vítima ainda não foi divulgada. Ele era funcionária de uma empresa de terraplanagem que presta serviços na obra. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Tio Panda Adamantina
2019 - O ano de Super Vantagens
Monalisa Adamantina
Clínica Savi

Publicidade

Haddad
Rede Sete Supermercado
Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança

Além do Corpo de Bombeiros, a ocorrência mobilizou ainda equipes das polícias Militar, Civil e Científica, de Adamantina. O local foi isolado e preservado para os trabalhos de investigação.

Os detalhes e as circunstâncias da tragédia deverão ser apurados em um inquérito, no âmbito da Polícia Civil, que deve se orientar a partir de depoimento de possíveis testemunhas e as informações periciais que deverão ser geradas nos laudos da Polícia Científica.

O corpo da vítima deve ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os trabalhos periciais, para tão somente ser liberado à família e ao serviço funerário para velório e sepultamento.

É o segundo caso semelhante, na cidade, em pouco mais de uma semana. Na quinta-feira (11) da semana passada, o agricultor Sussumu Naoe, de 71 anos, morreu após ser atropelado pelo trator que operava, em uma propriedade rural localizada no bairro Estrada 14, em Adamantina (reveja).

Construtora se posiciona

A LRG Construtora, responsável pelo Condomínio Residencial EcoVille, se posicionou em nota, sobre a fatalidade, onde lamenta profundamente o ocorrido. A empresa informa que a vítima era contratada por uma prestadora de serviço do empreendimento, para obras de infraestrutura. A empresa destaca que a documentação está de acordo com a legislação.

Ainda de acordo com LRG Construtora, o funcionário terceirizado estava utilizando todos os equipamentos de segurança para a execução das atividades. “A obra é realizada de acordo com as normas de segurança que regem a construção civil”, ressalta.

Por fim, a empresa informou que está prestando auxílio aos familiares e colaborará com a apuração das causas do acidente, colocando à disposição das autoridades. “Nossas condolências à família”, finaliza a nota.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais