Polícia

Em quatro meses da piracema, PM Ambiental registra 111 ocorrências e 52 autos de infração

Fiscalização aconteceu sobretudo nos rios e estabelecimentos que comercializam pescados na região.

Por: Da Redação atualizado: 12:04
Cerca de 7 mil metros de redes de pesca foram apreendidos nos quatro meses da piracema (Divulgação/PM Ambiental). Cerca de 7 mil metros de redes de pesca foram apreendidos nos quatro meses da piracema (Divulgação/PM Ambiental).

A 3ª Companhia de Polícia Militar Ambiental, sediada em Presidente Prudente, divulgou nesta segunda-feira (1) o balanço final das operações de fiscalização realizadas dentro do período da piracema, iniciado em 1º de novembro do ano passado, e encerrado neste domingo, 28 de fevereiro. O balanço considera toda a área de atuação da 3ª Companhia da PM Ambiental, que compreende 53 municípios da região de Presidente Prudente.

Nesses quatro meses dedicados ao defenso da piracema, no período de reprodução dos peixes, o policiamento registrou 111 ocorrências e elaborou 52 autos de infração ambiental. Os autos totalizaram R$ 39.716,00 em multas. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

 

Nas ações do policiamento, foram contabilizadas 592 horas de navegação nos rios da região, que resultaram na apreensão de seis embarcações. Foram apreendidos ainda sete mil metros de redes de pesca. 

(Divulgação/PM Ambiental).

No trabalho policial, dentre os pescados apreendidos, 400 quilos considerados próprios para consumo foram doados para instituições da região.

Além do trabalho nos rios, o policiamento também fiscalizou 38 estabelecimentos na região, que comercializam pescados. #banner2##

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema