Polícia

Em operação contra desvios na saúde, PC e MP fazem buscas e prisão em Pacaembu, Flórida e Dracena

Investigação descobre sofisticado esquema de desvio de recursos públicos da área da saúde.

Por: Da Redação atualizado: 30 de setembro de 2020 | 08h48
Buscas são realizadas na Santa Casa de Pacaembu (Divulgação/Polícia Civil). Buscas são realizadas na Santa Casa de Pacaembu (Divulgação/Polícia Civil).

A Polícia Civil do Estado de São Paulo (DEINTER-10/DEIC/SECOCOLD) e o Ministério Público do Estado de São Paulo (GAECO) deflagraram na manha desta terça-feira (29), a operação denominada “Raio X” visando desmantelar grupo criminoso especializado em desviar dinheiro destinado à saúde mediante celebração de contratos de gestão entre municípios e Organizações Sociais.

A investigação, que conta com Inquéritos Policiais instaurados junto às comarcas de Penápolis e Birigui, teve a duração de aproximadamente dois anos. Nesse perídoo foi desvendado um gigantesco e sofisticado esquema de corrupção envolvendo agentes públicos e o desvio de milhões de reais em prejuízo da saúde.

Policiais civis da região de Presidente Prudente mobilizados na operação (Divulgação/Polícia Civil).

Policiais civis e promotores do GAEGO em preleção (Divulgação/Polícia Civil).

As prisões e as buscas ocorrem nesta terça-feira em dezenas de município do Estado de São Paulo e em municípios dos estados do Pará, Paraná, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Para o cumprimento dos mandados foram convocados 520 policiais civis de todo o Estado de São Paulo, 130 viaturas policiais e dois helicóptero da Policia Civil. Por parte do MPSP, 30 promotores de justiça e 10 agentes de promotoria também participaram da operação. Também cooperaram 200 policiais civis de outros estados e a Polícia Federal no estado do Pará.

Ramificação na Alta Paulista

Na região de Presidente Prudente, 30 policiais civis cumprem seis mandados de busca e apreensão e uma prisão temporaria nas cidades de Pacaembu, Florida ĺPaulista e Dracena.

Buscas foram realizadas em Dracena (Divulgação/Polícia Civil).

Computadores apreendidos em Dracena (Divulgação/Polícia Civil).

Outras 10 equipes de policiais civis se deslocaram para Araçatuba em auxílio as equipes daquela região.

Ao todo a Polícia  Civil da região  de Presidente Prudente emprega na operacao 78 policiais civis, um promotor de justiça em 21 viaturas.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Cinema
Insta do Siga Mais