Polícia

Em Marília, homem é preso após dar paulada e arremessar gato contra parede

Servente de pedreiro foi autuado e preso por maus tratos a animais.

Por: Da Redação | Com informações do Marília Notícia atualizado: 11 de outubro de 2021 | 11h21
Em Marília, homem é preso após dar paulada e arremessar gato contra parede

Um servente de pedreiro de 49 anos, morador em Marília, foi preso na última quarta-feira (6) pela Polícia Militar Ambiental acusado de maus tratos a animais.

O policiamento foi acionado por populares do Residencial São Bento por volta das 10h. Os moradores informaram na denúncia que o homem teria dado uma paulada em um gato e em seguida arremessado o animal contra a parede.

Aos policiais, o agressor disse que teria tem tato pegar o gato, alegando que foi mordido pelo animal em um dos pés. Em seguida, ele colocou o felino em um saco e jogou nos fundos de um condomínio.

Publicidade

Supermercado Godoy
Cóz Jeans
Clínica Savi

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

O animal foi levado pela PM Ambiental a uma clínica veterinária, sendo confirmados os maus tratos.

O agressor recebeu voz de prisão em flagrante. Foi detido pela PM Ambiental e levado à Central de Polícia Judiciária de Marília, onde permaneceu preso, à disposição da justiça.

Crime

Em um vídeo publicado nas redes sociais do SIGA MAIS, a delegada da Polícia Civil de Adamantina, LaÍza Fernanda, fala sobre a legislação que trata sobre abusos e maus tratos a animais. Maus tratos a cães e gatos pode dar cadeia de 2 a 5 anos. Reveja:

Publicidade

Tio Panda Adamantina
Cóz Jeans

Publicidade

Insta do Siga Mais