Polícia

Crédito ou débito: Polícia Civil prende suspeitos de usar máquina de cartão para vender drogas

Foram apreendidos sete tabletes de maconha, uma máquina de cartão e dinheiro.

Por: Da Redação atualizado: 10 de janeiro de 2021 | 11h42
A máquina de cartão utilizada para a venda de drogas, dinheiro e o entorpecente apreendidos na operação  (Cedida/Polícia Civil). A máquina de cartão utilizada para a venda de drogas, dinheiro e o entorpecente apreendidos na operação (Cedida/Polícia Civil).

A Polícia Civil de Dracena, por intermédio das unidades especializadas Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (DISE), prendeu dois homens, com 26 e 34 anos, nesta sexta-feira (8), suspeitos de praticarem os crimes de tráfico de drogas e associação para tráfico.

A ação policial ocorreu em uma residência no bairro Virgílio Fioravente, em Dracena, e na posse dos indivíduos presos os policiais civis apreenderam sete tabletes de maconha, uma máquina de cartão e uma quantia em dinheiro que totalizou cerca de R$ 2,2 mil em notas diversas.  

Segundo nota à imprensa, os agentes da DIG e DISE realizavam diligências pela cidade de Dracena visando a localização dos dois indivíduos que haviam conseguindo fugir na quinta-feira (7) da ação policial que culminou na localização de uma “biqueira” de droga no bairro Santa Clara, e resultou na prisão de um homem de 19 anos e na apreensão de drogas e outros objetos.

Quando os agentes diligenciavam pelo Conjunto Habitacional Virgílio Fioravente receberam uma informação de que tais suspeitos fugitivos estariam escondidos em uma residência naquele bairro, contra a vontade do morador. Rapidamente os policiais civis foram ao imóvel informado, encontrando o morador do lado de fora da casa. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado

Ao ser questionado o morador confirmou que os dois homens suspeitos estavam dentro de sua residência, e que estes estariam fugindo da polícia, tendo ainda receio de que com a permanência deles em sua casa pudessem implicar algo em seu desfavor. Em seguida, o dono da casa autorizou entrada dos policiais civis no imóvel.

Os dois homens estavam no interior de um quarto da casa, onde foram abordados. Em poder do homem de 34 anos, em uma pochete, foi encontrada a quantia em dinheiro de aproximadamente R$ 2,2 mil. Ainda no quarto, em que estavam os suspeitos, dentro de uma mochila, foram apreendidos sete tabletes de maconha e uma máquina de cartão.

Aos serem perguntado separadamente, os homens confessaram que faziam venda de entorpecentes junto com outro homem preso durante a ação do dia anterior, no bairro Santa Clara. E que também faziam uso da máquina de cartão para realizar o recebimento da venda das drogas.

Os homens e os materiais apreendidos foram apresentados na sede das delegacias especializadas, onde foi ratificado a prisão em flagrante de ambos.  Após o término, dos procedimentos dos atos de polícia judiciária, os homens foram encaminhados a uma unidade prisional da região, onde à disposição da Justiça.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais
Cinema