Polícia

Carro forte tomba na SP-294, trevo da Lagoa Seca

Carro forte, de transporte de valores, tomba em trecho crítico da SP-294, em Adamantina.

Por: Da Redação atualizado: 5 de março de 2021 | 15h26
Carro forte parou em meio à vegetação, após condutor perder o controle de direção do veículo (Cedida: Claudemir dos Santos). Carro forte parou em meio à vegetação, após condutor perder o controle de direção do veículo (Cedida: Claudemir dos Santos).

Um carro forte, de transporte de valores, tombou na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, em Adamantina, no final da manhã desta quinta-feira (4), por volta das 11h40, na altura do km 596 + 700, trevo da Lagoa Seca. O novo acidente entra para a série histórica, que coleciona registros semelhantes no local.

De acordo com a PM Rodoviária, chovia no momento. O veículo transitava no sentido Flórida Paulista – Lucélia, quando pelo local o condutor perdeu o controle da direção, chocando-se contra uma cerca, além do acostamento, tombando em seguida.

Veículo parou após sair da pista e tombar (Cedida/PM Rodoviária).

Segundo a corporação, ninguém se feriu. Não foi informada a quantidade de valores que era transportada no momento, por motivos de segurança, e nada foi levado. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado

Carro forte parou em área de vegetação (Cedida: Claudemir dos Santos).

Sempre acontece

O trecho da rotatória da SP-294/Lagoa Seca tem sido cenário de repetidos acidentes. Em agosto de 2020 um semirreboque com carga de celulose capotou no local. O dispositivo era o último de um conjunto de dois semirreboques que eram tracionados por um caminhão trator com placas de Ituporanga (SC). O condutor seguia no sentido Flórida Paulista/Adamantina, quando houve o desengate do segundo semirreboque, que tombou às margens da pista, esparramando a carga (reveja). 

Acidente em agosto do ano passado (Foto: Diego Fernandes/AdamantinaNet).

Outro caso foi em 3 de janeiro do ano passado, quando um automóvel de passeio fazia a rotatória e, por motivos a apurar, o motorista perdeu o controle de direção e o veículo tombou (reveja).

Acidente ocorrido em janeiro deste ano (Reprodução/Jornal Diário do Oeste).

Antes, em 16 de dezembro de 2019, um caminhão rodou em “L” e saiu da pista, na rotatória (reveja).

Caminhão tanque bi-trem saiu da pista, na rotatória, e parou em L (Foto: Cedida).

No  dia 27 de novembro de 2019 um novo registro envolveu um caminhão com carga de manga, que capotou. O motorista ficou preso às ferragens e foi socorrido em estado grave (reveja).

Novembro de 2019: caminhão capotou e motorista ficou gravemente ferido(Foto: Siga Mais)

No mesmo mês, dia 18, uma carreta carregada com fardos de algodão tombou no local. O veículo passou pela rotatória e a carreta tombou ao iniciar a saída do dispositivo (reveja).

Novembro de 2019: carreta tombo uma rotatória (Foto: Diego Fernandes/Adamantina Net-Folha Regional).

Em outro acidente, em junho de 2019, uma peça de seis toneladas caiu da carroceria de um caminhão, quando passava pela rotatória (reveja).

Junho de 2019: peça de seis toneladas cai da carroceria (Foto: Claudemir Américo dos Santos).

E em março de 2018 um ônibus de passageiros tombou no local, quando fazia a rotatória. No ônibus havia sete passageiros e o motorista, e um dos passageiros ficou levemente ferido, sendo socorrido (reveja).

Março de 2018: ônibus tombou na rotatória (Cedida).

Situação do local foi levada por vereadores ao Ministério Público

A série de acidentes no trevo da SP-294, acesso à Rodovia Plácido Rocha, tem motivado uma série de cobranças da Câmara Municipal de Adamantina e do Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG), junto ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Pelos dois órgãos, há cobranças desde o começo de 2017, sem solução.

Com isso, e diante da ausência de providências no local, em fevereiro do ano passado (um ano atrás) os vereadores Acácio Rocha e Alcio Ikeda (reeleito) a formalizar o Requerimento Nº 009/2020, lido e aprovado por unanimidade em plenário, encaminhado em forma de representação ao Ministério Público da Comarca de Adamantina, para providências.

Agora, a responsabilidade por soluções de segurança viária, ao trecho, são da Concessionária Eixo SP 

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema