Polícia

Após choque entre carro e moto, motociclista é arremessado e morre na SP-294, em Tupã

Condutor da moto, de 33 anos, morreu após ser arremessado, no choque entre os dois veículos.

Por: Da Redação atualizado: 11 de outubro de 2021 | 11h21
Aurélio Moura da Costa, condutor da moto, morreu no local do acidente (Reprodução/Redes Sociais). Aurélio Moura da Costa, condutor da moto, morreu no local do acidente (Reprodução/Redes Sociais).

A colisão entre um automóvel VW T-Cross e uma moto na noite deste sábado (9),na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Tupã, causou a morte do condutor da moto, Aurélio Moura da Costa, de 33 anos, morador em Herculândia.

O acidente foi por volta das 20h. O automóvel T-Cross, com placas de Marília, seguia pela rodovia no sentido Herculândia/Tupã, quando após passar pelo acesso ao Distrito de Parnaso colidiu contra uma motocicleta, arremessando o motociclista a vários metros.

(Reprodução/Redes Sociais).(Reprodução/Redes Sociais).

Equipes de socorro foram acionadas para o atendimento e no próprio local foi constatada a morte do condutor da moto. Após o trabalho da polícia científica, o corpo da vítima foi removido pelo serviço funerário ao IML de Tupã. Já o condutor do automóvel foi atendido, em estado de choque.

As causas e eventuais responsabilidades dos dois acidentes serão investigadas pela Polícia Civil. Laudos periciais sobre o local e os veículos, como do corpo do motociclista deverão ser juntados à investigação.

Publicidade

Supermercado Godoy
Cóz Jeans
Clínica Savi

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

Operação Padroeira

Desde à 0h de sexta-feira (8) a Polícia Militar Rodoviária está mobilizada em torno da Operação Padroeira, com ações de fiscalização nos 1.344,525 quilômetros de rodovias do oeste paulista, em um total de 56 municípios nas regiões de Presidente Prudente, Adamantina, Dracena e Presidente Venceslau. A operação segue até às 23h59 da próxima terça-feira (12), feriado nacional da Padroeira e Dia das Crianças.

Conforme nota à imprensa, o efetivo mobilizado  desenvolve ações de fiscalizações voltadas à ação de presença do policiamento, com o intuito de coibir o cometimento das infrações de trânsito que mais ocasionam graves sinistros de trânsito, como embriaguez ao volante,  excesso de velocidade (com utilização de radares portáteis), uso indevido do celular ao volante, ultrapassagens em locais proibidos, verificação da não utilização do cinto de segurança, dentre outras infrações que afetem preponderantemente a chance de ocorrência de um acidente de trânsito ou aumentem a gravidade de suas vítimas.

Publicidade

Cóz Jeans
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais