Geral

Araçatuba, Bauru, Marília e Ribeirão terão 18 voos diários para Congonhas

Serão 18 novos voos diários entre a capital e o interior do estado, operados pela Passaredo/MAP.

Por: Portal do Governo de SP atualizado: 9 de setembro de 2019 | 20h18
Novos voos ampliam cobertura aeroviária no interior paulista (Divulgação). Novos voos ampliam cobertura aeroviária no interior paulista (Divulgação).

O governador João Doria anunciou, nesta sexta-feira (6), mais um resultado do programa “São Paulo Pra Todos”. Serão 18 novos voos diários entre a capital e o interior do estado. Araçatuba, Bauru, Marília e Ribeirão Preto são as cidades que terão voos diretos para Congonhas pela companhia Passaredo, em conjunto com a MAP Linhas Aéreas.

“O Estado de São Paulo é o maior polo emissor de turismo da América Latina e esse segmento é o que mais rapidamente gera empregos e movimenta a economia criativa, são três milhões de postos fixos e temporários em todo o Estado”, explicou Doria.

Considerando todos os novos voos que serão operados pela companhia, somam um total de 158 voos semanais, a partir de 27 de outubro. Além das quatro cidades paulistas, três são de outros estados: Dourados (MS), Uberaba (MG) e Macaé (RJ). Os novos voos serão operados em aviões modelo ATR 72-600, com 70 assentos.

Desde fevereiro, quando o governador João Doria reduziu a alíquota de ICMS sobre o combustível dos aviões de 25% para 12%, as companhias aéreas anunciaram 503 novos voos no Estado – 478 já entraram em operação. Os voos da Passaredo e da MAP se somarão a esse total. Com isso, foi superado o compromisso inicial do governo de criar 490 novas partidas semanais até o fim de 2019. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi
Monalisa Adamantina
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Haddad
Daiane Mazarin Estética

Para o secretário estadual de turismo, Vinicius Lummertz, a interiorização pela conectividade vai aumentar mais o turismo e os negócios no interior de São Paulo. “As atividades turísticas já cresceram 7,7% no primeiro semestre deste ano no Estado, segundo o IBGE, número bem superior à média nacional, de 3,1%. O emprego no setor cresceu 4,4% no período”, disse.

Segundo o secretário, os voos da Passaredo/MAP permitirão uma redistribuição eficiente dos pousos e decolagens pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), permitindo aumento da concorrência e mais acesso ao aeroporto de Congonhas, além de promover melhorias no atendimento às novas localidades e maior desenvolvimento regional.

A projeção da companhia para os próximos 12 meses, após o início da operação em Congonhas, é chegar a 1,5 milhões de passageiros – hoje são 800 mil.

Os voos da Passaredo/MAP partindo do Aeroporto de Congonhas serão:

 

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

 

 

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais