Ensino

FATEC de Adamantina: alunos de ciência de dados vencem maratona de programação

Fatec de Adamantina conquistou duas das três premiações na maratona de programação Hackathon.

Por: Da Assessoria atualizado: 23 de maio de 2023 | 15h30
Fatec Adamantina (Arquivo/Siga Mais). Fatec Adamantina (Arquivo/Siga Mais).

Alunos do curso superior de tecnologia em ciência de dados da Faculdade de Tecnologia de Adamantina (Fatec), conquistaram o 2º e 3º lugares no importante e conceituado Hackathon, evento que reúne estudantes ligados à tecnologia, programadores, designers e outros profissionais relacionados ao desenvolvimento de soluções tecnológicas para o mercado, em uma verdadeira maratona de programação, onde as soluções são criadas em um curto espaço de tempo.

Realizado no colégio Apolo da cidade de Osvaldo Cruz nos dias 28, 29 e 30 de abril, o Hackathon foi organizado pelo Multiplic (Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico e Social de Osvaldo Cruz), e reuniu cerca de 50 competidores (estudantes e profissionais).

Em três dias, as equipes criaram soluções conectadas ao ecossistema empresarial e social (indústria, varejo, transporte, educação e sociedade civil) de Osvaldo Cruz e região.

O evento tem por objetivo ajudar as empresas públicas ou privadas a introduzirem na sociedade produtos e serviços de qualidade, criando e propondo soluções tecnológicas que atendam às reais necessidades dos cidadãos.

O aluno Guilherme Chuman Troncon, do 5º semestre do curso superior de tecnologia em ciência de dados da Fatec de Adamantina, participou do Hackathon, e explicou que o desafio principal consistia em resolver as dores (problemas) de Osvaldo Cruz e região, propostas pela organização do evento, através de uma solução tecnológica inovadora. “Eram dez dores específicas divididas em três temas centrais: indústria, comércio / varejo e Multiplic (o fórum de Desenvolvimento Econômico e Social, entidade organizadora do Hackathon)”, relatou o aluno da Fatec.

Guilherme esclareceu ainda, que os grupos trabalharam durante todo o final de semana para fazer a validação da dor proposta pelos organizadores, encontrar soluções viáveis, aplicar à um modelo de negócio e expor da melhor forma possível com mockups, slides e demais recursos áudio visuais.

A Fatec de Adamantina participou com 19 alunos, divididos em três equipes, duas venceram. Uma em 2º e outra em 3º lugar, e receberam premiações em dinheiro no valor de R$ 2.000,00 e R$ 1.000,00 respectivamente.

Publicidade

Dr. Paulo Tadeu Drefahl | Cirurgião Plástico
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Sobre a experiência de participar e vencer um evento como o Hackathon, os alunos da Fatec resumem como muito gratificante. “Participar de um evento que nos estimula a aprender e testa nossas capacidades tanto individuais quanto em time, foi realmente recompensador! Quanto ao prêmio, foi só um gosto a mais. Claro que ficamos felizes e vibramos, pois nossos esforços trouxeram frutos, mas a experiência e o conhecimento adquiridos já se pagam”, analisa Guilherme.

A comunidade acadêmica da Fatec de Adamantina, por meio do diretor prof. Mestre José Eduardo Rossilho de Figueiredo, e da profª. Doutora Daiane Marcela Piccolo, coordenadora do curso superior de ciência de Dados da unidade, parabenizam todos os alunos pela participação e bela conquista. 

Alunos participantes do Hackathon

Confira abaixo os alunos do curso superior de ciência de dados da Fatec que participaram do Hackathon:

Equipe 1 (3º lugar): Guilherme Chuman Troncon, Heitor Henrique Faccas Cardoso, Jean Carlo Albuquerque, Thagore Arthur Dourado Silvestrim, Gabriel Baldo e Fabrício da Silva Malachias.

Equipe 2: Aline Rocha dos Santos, Isadora Alves Teixeira Previtalle, Luciano da Luz Portula, Willian Martins Justimiano, Kaique Gabriel Goncalves e Kayky Hiroshi dos Santos Koshiba.

Equipe 3 (2º lugar): Angélica Parra de Lima, Anna Joyce Santos Allo, Nayara Hellen Cordeiro dos Santos, Heitor Santos Vicente, João Otávio Rocha Hernandes, Rafael Soares da Silva e Eduardo Antunes Bueno.

Publicidade

Daiane Mazarin Estética

Sobre o curso superior de tecnologia em ciência de dados da Fatec

Considerada uma profissão do futuro, ciência de dados forma o seu profissional para ter habilidade em gestão da informação. Esse profissional desenvolve aplicações e operações para analisar um grande volume de dados, com o objetivo de buscar padrões e identificar tendências para que as empresas tomem decisões baseadas em fatos e números.

(Divulgação/Fatec Adamantina).

O profissional de ciência de dados está envolvido diretamente com as estratégias da empresa. Suas técnicas de análise e compartilhamento de dados contribuem para uma maior eficiência do aproveitamento de informações colhidas em cenários de mercado, processos e operação.

Dentre a ampla área de atuação deste profissional, destacam-se empresas em geral (agricultura, indústria, comércio e serviços); empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assistência técnica e consultoria; de tecnologia; organizações não-governamentais; órgãos públicos; institutos e centros de pesquisa; instituições de ensino, entre outras.

A Fatec de Adamantina oferece o curso superior de ciência de dados e gestão comercial, ambos gratuitos e de qualidade.

(Divulgação/Fatec Adamantina).

As inscrições para o vestibular 2º semestre estão abertas. Faça já a sua inscrição pelo site www.vestibularfatec.com.br até as 15h do dia 2 de junho. Taxa de inscrição R$ 91.

Publicidade

Shiba Sushi Adamantina
P&G Telecomunicações