Educação

UniFAI lança oficialmente internato de Medicina

Internato da primeira turma começa nas unidades de saúde de Adamantina e Mariápolis e na Santa Casa

Por: Daniel Torres | Colaborou: Jesana Lima | UniFAI atualizado: 15:21
Alunos da primeira turma (T1) de Medicina da UniFAI desenvolverão as atividades do Internato neste semestre em unidades de saúde de Adamantina e Mariápolis e na Santa Casa local (Foto: Celso Sato). Alunos da primeira turma (T1) de Medicina da UniFAI desenvolverão as atividades do Internato neste semestre em unidades de saúde de Adamantina e Mariápolis e na Santa Casa local (Foto: Celso Sato).

 

O Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) lançou oficialmente na manhã deste sábado, 20, o Programa de Internato de Medicina para alunos da primeira turma (T1) do curso. O evento se deu no Auditório Miguel Reale, no Câmpus II com a presença de alunos, professores e autoridades acadêmicas e políticas.

O internato corresponde ao estágio curricular obrigatório sob supervisão direta de docentes nas Unidades Básicas de Saúde e em hospitais. De acordo com a Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE), a carga horária mínima do internato deve ser de 35% da carga horária total do curso, ou seja, uma média de dois anos de estágio.

Segundo o reitor, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, os alunos cumprirão inicialmente as atividades do internato na Rede Municipal de Saúde de Adamantina e em Mariápolis nos próximos seis meses. “O Internato vai acontecer nas Unidades Básicas de Saúde, Centro de Saúde I, ESF [Estratégia de Saúde da Família] Jardim Adamantina, ESF Cecap, UBS [Unidade Básica de Saúde] de Mariápolis, no CIS [Centro Integrado de Saúde, no prédio que seria destinado à UPA], onde vai acontecer o internato em Ortopedia, Oftalmologia, Neurologia, Dermatologia, Cardiologia, Moléstias Infecciosas, Otorrinolaringologia, Cabeça e Pescoço e Pneumologia. E, na Santa Casa de Adamantina, vamos iniciar o internato em Traumatologia, Cardiologia, Clínica Cirúrgica, Cirurgia Plástica, Pré-anestésico, Clínica Médica, Urologia, Endocrinologia, Enfermarias e Pronto Atendimento”, relatou.

Depois dessa primeira fase, os alunos de Medicina cumprirão o internato por um ano e meio na cidade de Araçatuba. “Eu gostaria de ressaltar que esses atendimentos, com o internato acontecendo da forma que vai acontecer, até porque depois da T1 virá a T2 e assim sucessivamente, serão ampliados ainda mais. O papel social da UniFAI está sendo bem feito e se expandindo cada vez mais”, ressaltou o reitor.

“Esse internato vai propiciar aos alunos da UniFAI um aprendizado prático importante. São dois divisores de água: o momento da instalação do curso de Medicina e, agora, com o início do internato. É bom para os alunos, é bom para a UniFAI, mas também é bom para a população de Adamantina e toda a região, que terá agora médicos em fase final de formação prestando atendimento e, ao mesmo tempo, adquirindo conhecimento”, comentou o prefeito Márcio Cardim (DEM). (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi
Monalisa Adamantina
2019 - O ano de Super Vantagens
Tio Panda Adamantina

Publicidade

Haddad
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Conforme informado pelo Núcleo Docente Estruturante (NDE) no primeiro semestre, os estágios deverão ocorrer em forma de rodízio, ou seja, os alunos permanecerão em cada grande área da Medicina por um período, sendo essas áreas a Clínica Médica, Cirurgia, Ginecologia-Obstetrícia, Pediatria, Saúde Coletiva e Saúde Mental.

Pelo menos 30% da carga horária total do internato deverão ser desenvolvidas na Atenção Básica e em serviço de Urgência e Emergência do Sistema Único de Saúde (SUS), devendo predominar a carga horária em Atenção Básica em relação à de Urgência e Emergência.

“Com esses estágios de internato vamos ampliar a quantidade pacientes atendidos em nosso município e colocar para funcionar um Centro de Especialidades Médicas onde os alunos, juntamente com os seus preceptores, atenderão o nosso público fazendo com que o munícipe não saia de Adamantina e seja atendido aqui. É mais uma das parcerias entre município e UniFAI, com a Prefeitura propiciando campo de estágio e a UniFAI disponibilizando os alunos com seus preceptores para atender à demanda do município, fazendo com que esses pacientes sejam atendidos de uma forma melhor e mais humana”, afirmou o secretário municipal de Saúde de Adamantina, Gustavo Taniguchi Rufino.

“Sem a parceria com a Prefeitura, esse internato aqui em Adamantina seria impossível. Gostaria de agradecer ao prefeito Márcio Cardim, ao secretário de Saúde Gustavo Rufino, ao deputado estadual Mauro Bragato [PSDB] e ao ex-prefeito Kiko Micheloni [DEM], entre outros políticos envolvidos”, emendou o Prof. Paulo Sergio.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

 

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais