Educação

UniFAI: estudantes e CA cobram avaliações e fechamento do 1º bimestre; instituição se posiciona

Segundo a UniFAI, avaliações (provas) acontecerão de 28 de maio a 10 de junho.

Por: Da Redação atualizado: 19 de maio de 2020 | 18h55
Acesso a campus II da UniFAI (Arquivo). Acesso a campus II da UniFAI (Arquivo).

A suspensão das aulas presenciais em razão da quarentena fixada como medida para tentar conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), e a consequente migração de conteúdos para o ambiente virtual (ensino à distância EaD) no Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), motivaram estudantes e o Centro Acadêmico (CA) Dr. César Marinho a cobrar medidas da autarquia quanto à aplicação de avaliações (provas) que permitam fechar o primeiro bimestre letivo. O CA representa os estudantes do curso de medicina da UniFAI.

As aulas presenciais estão suspensas na instituição desde 16 de março. Depois, a reitoria decidiu antecipar o recesso de julho para abril, e retomou as atividades pedagógicas remotamente com aulas EaD, a partir de 4 de maio. 

Questionando o calendário futuro, sobretudo diante da necessidade de aplicação das avaliações para fechamento do primeiro semestre letivo, o CA protocolou no dia 14 de maio pedido para que as avaliações sejam online, nos moldes do que tem ocorrido em outras instituições de ensino superior.

No documento, o CA cita que se forem mantidas as tradicionais semanas de provas, o tempo dedicado às avaliações presenciais pode consumir tempo que poderia ser dedicado a atividades práticas, consideradas relevantes sobretudo aos estudantes que estão prestes a ingressar no internato. “Não são poucas as matérias ministradas presencialmente no primeiro bimestre, e continuadas via EaD no período pós recesso. Assim, entendemos que, ao voltar, os alunos serão submetidos a avaliações extensas, cobrando um conteúdo que não está sendo totalmente aproveitado na atual circunstância. Vale lembrar, que os alunos necessitam de tempo hábil para as atividades práticas, e, sedo assim, semanas de provas tomarão lugar dessa atividade tão necessária, principalmente para o quarto ano pré-internato”.

Diante dessa exposição, o CA pede avaliações on-line. “Sendo assim, visando o maior aproveitamento dos conteúdos ministrados, bem como evitando o prejuízo para os discentes, o Centro Acadêmico realiza o pedido de aplicação de avalições on-line, como têm sido realizado em universidades como Uninove, FMJ, Unoeste, Unilago, Unifae, dentre outras, evitando assim, o prejuízo dos alunos no retorno das aulas presenciais, bem como melhor organização dos conteúdos”, completa.

Além do CA, estudantes também cobram, informalmente, respostas da instituição. Eles questionam que essa questão das avaliações não está decidida com clareza pela instituição local e ainda estão sem respostas, enquanto outras instituições já deram encaminhamentos a esse tema que permitiram finalizar o primeiro bimestre letivo.

UniFAI se posiciona: provas acontecerão de 28 de maio a 10 de junho

Procurada pelo Siga Mais, a UniFAI respondeu em nota sobre os questionamentos. O documento é assinado pelo Prof. Dr. Délcio Cardim, pró-reitor de ensino da instituição. Veja, após a publicidade, a íntegra da nota.

Publicidade

Clínica Savi
Siga Comunicação
Supermercado Godoy

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Dra Maria Gabriela Tiveron

Nota da UniFAI

A UniFAI suspendeu as atividades acadêmicas (aulas) presenciais a partir do dia 16/03. No período de 17/03 a 08/04 as aulas teóricas foram ministradas por meio remoto. Com o objetivo de capacitar o corpo docente e padronizar as aulas on-line, a Pró-Reitoria de Ensino propôs a Reitoria que apresentou e obteve a aprovação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) a antecipação do recesso de julho para o período de 13 a 30/04.

Com o fim do recesso, em 04/05, retomamos as atividades remotas, através da plataforma GSuite. Portanto, a UniFAI não paralisou as aulas teóricas, apenas antecipou o recesso. Em relação às atividades práticas e estágios curriculares obrigatórios estamos seguindo as determinações dos órgãos competentes, e por hora, estão suspensos.

As Diretrizes que norteiam as decisões acadêmicas da UniFAI são as estabelecidas pelo Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo (CEE-SP), respeitadas as deliberações do Conselho Nacional. De acordo com a Indicação CEE n. 192/2020, emitida logo no início do período de suspensão das atividades escolares, a reorganização dos calendários escolares deveria ser flexibilizada e estaria sujeita a alterações caso essa interrupção se prolongasse. Diante desta situação, aguardávamos O Plano São Paulo para a retomada econômica na expectativa de uma previsão de retorno às atividades presenciais - o que não ocorreu. O foco principal em todas as

decisões tomadas sempre foi estabelecer condições satisfatórias para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem. A avaliação faz parte deste processo, mas é um ato contínuo e que direciona as atividades pedagógicas.

Na impossibilidade de previsão do retorno, a Pró-Reitoria de Ensino organizou e obteve aprovação do CEPE, em reunião por videoconferência nesta quinta-feira (14/05), o calendário de provas do 1º bimestre, que ocorrerá de 28/05 a 10/06. Um novo Calendário Escolar para o ano de 2020, com previsão de reposição das atividades práticas e estágios curriculares obrigatórios também está sendo elaborado.

Atenciosamente,

Prof. Dr. Délcio Cardim

Pró-Reitor de Ensino

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais