Educação

UniFAI e Escola Cristã se reúnem para desenvolver projetos no Programa UniFAI & Escolas

Centro Universitário e Escola Cristã iniciam tratativas para implantação do projeto de gamificação.

Por: Daniel Torres | UniFAI atualizado: 10 de março de 2021 | 23h36
Representantes da UniFAI e da Escola Cristã discutiram ações junto ao núcleo psicopedagógico da escola, implantação do projeto de gamificação e de outros projetos que se encaixem no perfil do programa UniFAI & Escolas (Foto: Fabrício Lopes). Representantes da UniFAI e da Escola Cristã discutiram ações junto ao núcleo psicopedagógico da escola, implantação do projeto de gamificação e de outros projetos que se encaixem no perfil do programa UniFAI & Escolas (Foto: Fabrício Lopes).

O Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) e a Escola Cristã de Ensino estão unidos para desenvolver projetos conjuntos dentro do Programa “UniFAI & Escolas -Motivando e Educando”.

Na última semana, o reitor da UniFAI Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão Prof. Dr. Vagner Amado Belo de Oliveira e o diretor administrativo Fabrício Lopes estiveram reunidos com a psicopedagoga Ana Queiroz e a professora de Ensino Fundamental e vereadora Noriko Onishi Saito, representantes da Escola Cristã, para traçar estratégias da parceria no programa.

Na reunião, foram discutidos os primeiros passos para o desenvolvimento de ações junto ao núcleo psicopedagógico da escola, implantação do projeto de gamificação e de outros projetos que se encaixem no perfil do programa “UniFAI & Escolas”.

Escola Cristã de Ensino de Adamantina (Foto: Maikon Moraes/Siga Mais).

“Esse encontro foi muito importante para esmiuçarmos as ideias que podem ser elaboradas a partir dessa união entre a UniFAI e a Escola Cristã”, destacou o reitor.

Gamificação

Um dos projetos a serem desenvolvidos por meio dessa parceria, dentro do programa “UniFAI & Escolas” é o de gamificação. Mas, o que é isso?

Segundo uma explicação do site Techtudo, Gamificação, do inglês Gamification, é a prática de aplicar mecânicas de jogos em diversas áreas, como negócios, saúde e vida social. “O principal objetivo é aumentar o engajamento e despertar a curiosidade dos usuários e, além dos desafios propostos nos jogos, na Gamification as recompensas também são itens cruciais para o sucesso. Embora não seja necessário criar um jogo em si, a prática tem ganhado muito espaço na sociedade, e vem sido inserida até em aplicativos e livros”, resume a publicação. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

O programa

O programa “UniFAI & Escolas - Motivando e Educando”, formulado em conjunto pelas pró-reitorias de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão e de Ensino, juntamente com as divisões Administrativa, de Comunicação e Financeira da UniFAI e que conta com o apoio da Prefeitura e da Câmara Municipal de Adamantina, pretende firmar parceria com as diversas diretorias de ensino regionais do estado de São Paulo.

A ideia é desenvolver uma série de ações lúdicas, jogos eletrônicos, gamificação, quiz e plataforma Arduino, entre outras, que visem motivar estudantes da educação básica (pública e privada) a prosseguirem com os estudos e, inclusive, ingressarem no Ensino Superior.

Trata-se de um programa institucional de cunho educacional que busca trazer uma nova estratégia de abordagem do estudante, motivando-o com ações psicopedagógicas com vistas à continuidade dos estudos no Ensino Superior, bem como apoiar as atividades culturais e de esporte educacional realizadas nas escolas, além de dar suporte intelectual em temas ligados aos principais eixos didáticos do ensino médio (códigos de linguagem, ciências humanas e ciências da natureza).

O programa “UniFAI & Escolas - Motivando e Educando” envolve uma parceria educacional de benefício mútuo e integrado, entre a UniFAI e as unidades escolares via diretorias de ensino, com plataforma de acesso e divulgação das ações das escolas do Ensino Médio.

O programa pretende trabalhar nas linhas gerais da educação e desenvolver projetos de robótica, de agricultura resiliente, hortas orgânicas nas escolas, projetos de saúde, entre outros, com apoio psicopedagógico do corpo docente da instituição e oferecendo a estrutura dos 32 cursos de graduação.

Um dos primeiros projetos a serem desenvolvidos no programa é o de robótica. E, por essa razão, haverá um workshop virtual sobre o tema voltado a professores da educação básica no dia 15 de março.

O programa já firmou parceria com as Diretorias de Ensino Regional (DREs) de Adamantina, Andradina, Araçatuba, Assis, Birigui, Jales, Marília, Mirante do Paranapanema, Ourinhos, Penápolis, Presidente Prudente, Santo Anastácio e Tupã e, futuramente, pretende alcançar unidades escolares de estados vizinhos, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná.

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema