Educação

UniFAI comemora avaliações positivas em 15 cursos pelo Quero Bolsa | Estadão

Avaliações foram atribuídas pelo Quero Bolsa e o jornal O Estado de S. Paulo.

Por: Da Redação atualizado: 21 de outubro de 2019 | 07h15
Pelo Guia da Faculdade Quero | Estadão, cursos avaliados recebem estrelas de acordo com a sua qualidade (Reprodução). Pelo Guia da Faculdade Quero | Estadão, cursos avaliados recebem estrelas de acordo com a sua qualidade (Reprodução).

O Centro Universitário de Adamantina UniFAI comemora avaliações positivas em 15 cursos de graduação, pelo Guia da Faculdade Quero | Estadão. A avaliação é resultado de uma parceria entre o Quero Bolsa e o jornal O Estado de S. Paulo, onde os cursos avaliados recebem estrelas de acordo com a sua qualidade.

Para a atribuição das qualificações, o Guia da Faculdade Quero | Estadão ouviu mais de 6 mil professores universitários em todo o país. Eles foram convidados a dar sua opinião sobre a qualidade dos cursos superiores oferecidos em todos os estados do Brasil. 

Essa pesquisa de opinião acadêmica criou um selo de qualidade, posicionando as graduações em diferentes faixas, de acordo com as notas dadas pelos especialistas.

Campus II da Unifai (Arquivo/UniFAI).

O Guia conta com 2.025 instituições de ensino superior cadastradas, onde 11.921 cursos superiores foram avaliados. Na pesquisa, 6.614 professores universitários especialistas, mestres e doutores colaboraram como avaliadores.  

Segundo o vice-reitor da UniFAI, Prof. Dr. Fábio Botteon, dentro os cursos avaliados da instituição estão história, com 4 estrelas, engenharia de alimentos, farmácia, publicidade e propaganda, direito, educação física, odontologia, administração, psicologia, fisioterapia, ciências da computação, matemática, pedagogia, medicina veterinária e agronomia, com 3 estrelas. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy
Tio Panda Adamantina

Publicidade

JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
Haddad

Cenários e desafios

Botteon destaca que para alcançar esses resultados positivos, a UniFAI tem realizado desde o primeiro semestre, por meio da Pró-reitora de Ensino, reuniões mensais com os coordenadores visando a análise dos projetos pedagógicos para a construção de propostas com foco nas competências exigidas dos acadêmicos. “Além disso a UnIFAI tem solicitado que os docentes aprimorem o critério de avaliação para que os acadêmicos estejam preparados para o estilo de avaliação do ENADE”, destaca.

Para o vice-reitor, a UniFAI atribui esses resultados à força de trabalho do ensino diretamente realizado pelos coordenadores e professores em sala. “Está sendo feito um estudo para implantação de um projeto de melhoria contínua do ensino com a capacitação de coordenadores, professores e alunos por EAD além de um trabalho de conscientização frente aos acadêmicos para uma maior valorização do seu processo ensino-aprendizado”, explica. “Esse trabalho é fundamental para que se desenvolva a aderência e senso de propósito nos estudantes para lutar por seu ensino. Só assim a educação pode ser melhorada”, destaca. 

Botteon pondera também que toda a história anterior do estudante que cursa o ensino superior (sua vivência no ensino fundamental e médio), repercute no seu desempenho na universidade. “A formação de um profissional não ocorre somente no ambiente universitário. Seu estilo de vida e condições socioculturais são determinantes na construção do ser humano”, ressalta. “Hábitos de leitura, compromisso com o aprendizado são atitudes que se desenvolvem desde a infância, no ambiente familiar,  com estímulos frente aos estudos, que se reforçam no início da educação e devem ser mantidos ao longo da vida”, continua.

Ainda de acordo com o vice-reitor, no cenário nacional e, sobretudo entre as instituições municipais de ensino superior, a qualidade do ensino superior é uma preocupação presente. “Esse fator tem sido discutido incansavelmente”, diz.

XI Encontro Educacional da AIMES-SP reuniu representantes das Instituições Municipais de Ensino Superior de São Paulo em Penápolis (Acervo Pessoal).

Ele cita que nos últimos dias 9 e 10 de outubro ocorreu o 11º Encontro das Associações das Instituições Municipais de Ensino Superior do Estado de São Paulo, em Penápolis, para discussões e reflexões sobre o atual cenário educacional público e seus desdobramentos. A UniFAI foi representada no encontro pelo reitor Prof. Dr. Paulo Sergio Silva e pró-reitor Prof. Dr. Délcio Cardim. “Muito tem para se trabalhar o tema visto que é um problema que vai além da educação e que um dos fatores influenciadores é o cenário socioeconômico em que se vive nesse país”, finaliza o vice-reitor Botteon.

Publicidade

Iogurtes Carolina

Publicidade

Auto Doc

Publicidade

Cinema
Clinica Lu Applim

Publicidade

Insta do Siga Mais