Educação

Projeto da Escola Estadual Helen Keller desenvolve a consciência e a preservação ambiental

Iniciativa é desenvolvida com a participação de estudantes do 8º e 9º ano da unidade escolar.

Por: Everton Santos | Jornal Diário do Oeste atualizado: 26 de abril de 2022 | 13h15
Projeto transforma área da escola em horta e mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Imagens: Cedidas). Projeto transforma área da escola em horta e mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Imagens: Cedidas).

Desde 2020 a Escola Estadual Helen Keller passou a integrar o Programa de Ensino Integral (PEI) e, dentro dessa nova dinâmica educacional, além das disciplinas curriculares do ensino regular disponibiliza também disciplinas diversificadas, entre as quais as eletivas, que proporcionam atividades inovadoras nas mais diversas áreas que são conduzidas por duplas de professores e trabalhadas de forma integrada com o conteúdo regular.

Uma dessas atividades tem promovido uma verdadeira transformação, não apenas entre os cerca de 35 estudantes do 8º e 9º ano, mas também na própria unidade escolar, que teve parte de área interna revitalizada e transformada em uma horta orgânica.

A iniciativa, que tem como título “O mundo está em perigo. E eu com isso?” promove um mapeamento da microbacia hidrográfica do Rio do Peixe, nas áreas urbana e rural de Adamantina, com estudos de campo em diversas nascentes e córregos, especialmente o Córrego do Rancho, principal afluente do município.

Projeto mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Cedida).Projeto mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Cedida).Projeto mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Cedida).Projeto mapeia microbacia hidrográfica de Adamantina (Cedida).

“A eletiva proporciona que os alunos consigam aprender na prática o que é passado nas aulas, de forma didático e dinâmica”, destacou o professor Daniel Ataíde Squizatto, que coordena o projeto ao lado do professor de História, Tiago Rafael dos Santos Alves.

Publicidade

Supermercado Godoy
Daiane Mazarin Estética

Publicidade

Rede Sete Supermercado
JVR Segurança

Além das atividades externas, durante os estudos os professores coordenadores e alunos tiveram a ideia de revitalizar uma área da unidade escolar, que foi transformada em horta orgânica, com o cultivo de diversos tipos de hortaliças.

Área da escola foi transformada área em horta (Cedida).Área da escola foi transformada área em horta (Cedida).Área da escola foi transformada área em horta (Cedida).Área da escola foi transformada área em horta (Cedida).

Daniel, que é docente de Geografia, destaca ainda que as disciplinas eletivas tem como objetivo despertar o protagonismo do aluno, fazendo com que eles aprendam na prática e o projeto desenvolvido na unidade tem cumprido essa meta de forma exemplar. “A avaliação é muito positiva e o envolvimento dos alunos é muito grande e a motivação que eles demonstram ao assimilar cada novo conteúdo é impressionante”, conclui Daniel.

Eletivas

A Lei 13.415/17, que prevê a reestruturação do Novo Ensino Médio e introduziu as disciplinas eletivas no novo projeto pedagógico, foi aprovada com o objetivo de tornar a escola mais atrativa e adequada à realidade dos jovens, engajando-os na sua própria jornada de aprendizagem.

Publicidade

Tio Panda Adamantina

Publicidade

Insta do Siga Mais