Educação

Pibid UniFAI lança projeto “Caixa de Matemática” em escola de Osvaldo Cruz

Materiais lúdicos permitem os alunos aprenderem a matéria brincando.

Por: Daniel Torres | UniFAI atualizado: 10:59
O projeto ?Caixa Matemática?, desenvolvido por estudantes universitários de cursos de licenciatura da UniFAI, pretende auxiliar professores de Ensino Fundamental I da EMEF ?Dr. Getúlio Vargas?, de Osvaldo Cruz, durante as aulas com materiais lúdicos que permitem aos alunos aprenderem a matéria brincando foto de Daniel Torres O projeto ?Caixa Matemática?, desenvolvido por estudantes universitários de cursos de licenciatura da UniFAI, pretende auxiliar professores de Ensino Fundamental I da EMEF ?Dr. Getúlio Vargas?, de Osvaldo Cruz, durante as aulas com materiais lúdicos que permitem aos alunos aprenderem a matéria brincando foto de Daniel Torres

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) lançou na última quarta-feira, 19, o projeto “Caixa de Matemática”, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Osvaldo Cruz e a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) “Dr. Getúlio Vargas”, naquela cidade.

O projeto, desenvolvido por estudantes universitários de cursos de licenciatura da Instituição – Matemática, Ciências Biológicas, Educação Física, Pedagogia, História e Geografia –, pretende auxiliar professores de Ensino Fundamental I durante as aulas com materiais lúdicos que permitem aos alunos aprenderem a matéria brincando.

Cada uma das 30 caixas é composta por tabela numérica, dado do jogo (+1/-1/+10/-10), ‘dinheiro’ em cédulas, silabário, quadro de valor de lugar, lousa mágica, material dourado, relógio, lata de quantidades, dados numéricos, dados de quantidades, tangram (espécie de quebra-cabeça chinês), fita métrica, régua, dadinho pequeno, jogo de fazer cálculos, fichas escalonadas, pincel de quadro branco, palitos coloridos, dominó de adição, calendário e sólidos geométricos.

Esses materiais são fruto de pesquisas dos estudantes universitários e aplicados em sala de aula nas escolas em que os bolsistas desenvolvem suas atividades acadêmicas de extensão. “O Pibid necessita agir cientificamente no campo da expansão da teoria da aprendizagem e, para isto, a pesquisa se torna um fator preponderante para o desenvolvimento dos alunos”, declarou o coordenador institucional do Pibid na UniFAI, Prof. Dr. Orlando Antunes Batista. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Monalisa Adamantina
Clínica Savi
Tio Panda Adamantina
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
Rede Sete Supermercado
JVR Segurança
Haddad

Para a coordenadora do Pibid na escola “Dr. Getúlio Vargas”, professora Lúcia de Lima, a iniciativa representa um avanço em sala de aula. “Os alunos vão passar por uma avaliação, um diagnóstico, para verificar em qual nível de aprendizagem eles estão e, ao final do ano, essas crianças passarão por uma nova avaliação para saber qual nível de desenvolvimento elas atingiram. Então, esse será o nosso trabalho com a Caixa Matemática até o final do ano”, salientou Lúcia, ao mencionar que aproximadamente 40 alunos, de duas turmas do 1º ano do Ensino Fundamental I, serão beneficiados.

Para a secretária municipal de Educação de Osvaldo Cruz, Maria Leny Scramin, a parceria entre a Secretaria, a escola e a UniFAI é um investimento no aprendizado dos alunos do Ensino Fundamental.

“Essa é uma parceria valiosa. Esperamos expandir esse projeto para outras escolas da Rede [Municipal de Ensino] para que todos os nossos alunos tenham a oportunidade desse aprender diferenciado, desse aprender inovador que, com certeza, vai marcar a vida dessas crianças e fazer com que elas sejam indivíduos diferentes, cidadãos criativos. É um avanço significativo para a nossa Rede”, completou a secretária.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais