Educação

Estudantes de fisioterapia e psicologia cobram da UniFAI a retomada dos estágios obrigatórios

Procurada pelo SIGA MAIS, UniFAI diz que estágios serão retomados a partir de 3 de maio.

Por: Da Redação atualizado: 2 de abril de 2021 | 11h38
Segundo a UniFAI, atividades presenciais das aulas práticas e estágios dos cursos deverão ser retomadas a partir do dia 3 de maio, seguindo os critérios previstos no Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19 (Foto: Siga Mais). Segundo a UniFAI, atividades presenciais das aulas práticas e estágios dos cursos deverão ser retomadas a partir do dia 3 de maio, seguindo os critérios previstos no Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19 (Foto: Siga Mais).

Em uma publicação nas redes sociais, estudantes dos cursos de fisioterapia e psicologia do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) cobram da reitoria da instituição esclarecimentos e uma decisão concreta que permita  a realização dos estágios obrigatórios, paralisados na pandemia.

Eles destacam que as duas profissões estão no rol das atividades consideradas essenciais para a população, e ressaltam que os cursos da área de saúde estão com suas atividades permitidas com base no Decreto Nº 65.140, de 19 de agosto de 2020.

Sem as fases de estágio cumpridas, os estudantes não conseguem se formar e alegam estar perdendo oportunidades de trabalho. “Precisamos nos formar, o que era pra ter ocorrido ano passado, contudo, devido a estes estágios não foi possível, acarretando na perda de oportunidades de emprego tanto na área em questão como em outras”, afirmam (abaixo, íntegra da nota pública dos estudantes).

O SIGA MAIS procurou a UniFAI, que respondeu em nota aos questionamentos dos estudantes. “A Reitoria do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) esclarece que mantém um canal aberto de diálogo com todos os alunos da Instituição e que, desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), tem se esforçado ao máximo para realizar com excelência e responsabilidade a prestação de serviço de Ensino Superior diante dos desafios impostos pela pandemia e, ao mesmo tempo, garantir a preservação da saúde e da vida dos alunos, docentes, servidores e colaboradores da Instituição por meio do desenvolvimento de suas atividades com a devida segurança sanitária”.

Em sua manifestação ao SIGA MAIS, a UniFAI afirma que os estágios serão retomados no início do mês que vem. “Está definido que as atividades presenciais das aulas práticas e estágios dos cursos deverão ser retomadas a partir do dia 3 de maio, segunda-feira, seguindo os critérios previstos no Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19” (abaixo, íntegra da nota da UniFAI). (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Clínica Savi
Supermercado Godoy

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

Íntegra da nota pública dos estudantes

“É por meio desta publicação que nós, alunos da UNIFAI, dos cursos de FISIOTERAPIA E PSICOLOGIA, queremos solicitar ao Prof. Dr. Paulo Sérgio da Silva esclarecimentos e uma decisão concreta acerca da liberação para que continuem ocorrendo os estágios obrigatórios de ambos os cursos, posto que os mesmos foram paralisados pela pandemia da COVID-19. Porém é sabido que TAIS PROFISSÕES SÃO CONSIDERADAS SERVIÇOS ESSENCIAIS PARA A POPULAÇÃO e que, como cursos da saúde, possuímos resguardo do Decreto Nº 65.140, de 19 de Agosto de 2020 em que diz, simplificando as palavras: “retomar as atividades práticas de alunos da área da saúde”. Necessitamos, com urgência de um posicionamento da instituição, visto que tanto a coordenação pedagógica do curso e a responsável técnica pelo Núcleo passaram as informações cabíveis a elas, restando um posicionamento da instituição, pois precisamos nos formar, o que era pra ter ocorrido ano passado (DEZEMBRO 2020), contudo, devido a estes estágios não foi possível, acarretando na perda de oportunidades de emprego tanto na área em questão como em outras. Destaca-se que temos consciência da atual situação que Adamantina e o estado de São Paulo estão passando, porém, salienta-se o nosso compromisso como discentes em psicologia e fisioterapia, na promoção de saúde para a comunidade, principalmente de baixa renda, que atualmente pode ser considerada a mais afetada pela pandemia do Covid-19. Destaca-se também que a indignação é gigantesca sobre o curso de Fisioterapia, onde alguns alunos da mesma sala foram formados e outros não. Queremos um posicionamento de fato.

Atenciosamente,

ALUNOS DE FISIOTERAPIA E PSICOLOGIA”.

Íntegra da nota da UniFAI

“A Reitoria do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) esclarece que mantém um canal aberto de diálogo com todos os alunos da Instituição e que, desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), tem se esforçado ao máximo para realizar com excelência e responsabilidade a prestação de serviço de Ensino Superior diante dos desafios impostos pela pandemia e, ao mesmo tempo, garantir a preservação da saúde e da vida dos alunos, docentes, servidores e colaboradores da Instituição por meio do desenvolvimento de suas atividades com a devida segurança sanitária.

Pensando de maneira plural e democrática, a Pró-Reitoria de Ensino da UniFAI realiza desde o início desta semana reuniões com alunos de cursos de Graduação que possuem atividades práticas e estágios curriculares, para discutir em conjunto o planejamento das reposições das aulas práticas sem prejuízo aos discentes. É importante lembrar que a interrupção temporária das atividades práticas presenciais se mostrou necessária a fim de reduzir a exposição de docentes e alunos ao risco de contaminação e disseminação da doença.

Sendo assim, a reunião com os representantes dos cursos de Fisioterapia e Psicologia já estava prevista antes mesmo da publicação de reivindicação de parte dos alunos em redes sociais.

Está definido que as atividades presenciais das aulas práticas e estágios dos cursos deverão ser retomadas a partir do dia 3 de maio, segunda-feira, seguindo os critérios previstos no Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19:

· Fase Emergencial: são mantidos apenas o Internato de Medicina e os estágios curriculares, em período final, dos cursos de Saúde realizados fora da UniFAI (nas UBSs, na Santa Casa, no PAI e no CIS).

· Fase Vermelha: atividades presenciais internas com 30% da capacidade dos laboratórios.

· Fase Laranja: atividades presenciais internas com 35% a 40% da capacidade dos laboratórios.

· Fase Verde: atividades presenciais internas com 40% a 45% da capacidade dos laboratórios.

· Fase Azul: atividades presenciais internas com 70% da capacidade dos laboratórios”.

Publicidade

Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema