Educação

Estudante pesquisa impactos do distanciamento social no curso de enfermagem

Aluna da UniFAI utiliza o atual momento de crise sanitária como objeto de investigação.

Por: Priscila Caldeira | UniFAI atualizado: 09:47
Reunião aberta com a turma visou explicar e aplicar o formulário de pesquisa (Divulgação/UniFAI). Reunião aberta com a turma visou explicar e aplicar o formulário de pesquisa (Divulgação/UniFAI).

Em tempos de pandemia, a execução de estudos e pesquisas permanece ativa no Centro Universitário de Adamantina (UniFAI). Muitos utilizam o atual momento de crise sanitária como objeto de investigação. É o caso do projeto de iniciação científica contemplado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC): “Pandemia do Coronavírus e Distanciamento Social: Experiência dos Acadêmicos de Enfermagem da UniFAI de Adamantina - SP”.

Orientado pela Prof.ª Ma. Dezolina Franciele Cardin Cordioli, coordenadora do curso de Enfermagem, o projeto – que integra o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) – é desenvolvido pela estudante do 7° termo, Larissa Emanuela Trevizan dos Santos Bueno.

A pesquisa foi submetida e aprovada pela Plataforma Brasil e a coleta de dados ocorreu no início do mês de dezembro de forma virtual, pelo Google Classroom, com um formulário elaborado pelas pesquisadoras do projeto.

“Os alunos matriculados no curso receberam um questionário on-line, disponibilizado na plataforma G Suite - Google Forms. Sua participação consistiu em responder questões referentes às características sociodemográficas, econômicas e ao período da pandemia de Covid-19. Os riscos envolvidos são  mínimos, sendo que o único fator negativo seria se o acadêmico se sentisse desconfortável com o conteúdo das perguntas”, afirma a docente.

Detalhamento da pesquisa

Com o objetivo de encontrar evidências sobre a identificação das condições do distanciamento social e a compreensão dos sentimentos e percepções dos acadêmicos, o estudo visa discutir os resultados e  propor estratégias de enfrentamento. “Após a organização e análise dos dados, será possível apresentar os resultados e realizar proposta de estratégias aos gestores e docentes da UniFAI a fim de apoiar as tomadas de decisão da Instituição”, explica.

Larissa conta ser “desafiador e gratificante” ter sido selecionada pelo PIBIC: “Não há palavras para descrever a alegria de ser contemplada com uma bolsa de Iniciação Científica. É uma grande oportunidade de aprendizado, de conhecimento e principalmente por ingressar no mundo da pesquisa e da ciência. É uma grande abertura de porta para aprofundar a capacidade de pensar logicamente, com criatividade, sem falar no enriquecimento acadêmico de futuro profissional, TCC e currículo lattes”.

A estudante Larissa Emanuela Trevizan, que faz os estudos (Cedida).

O desejo da estudante é poder contribuir com a área da saúde, principalmente alunos do curso e profissionais da Enfermagem: “Que desenvolva soluções para uma melhor qualidade nos estudos, na vida e em possíveis situações futuras como a que nos deparamos nos dias de hoje”. Ela também cita como positiva a aproximação com a professora Franciele, “que é uma grande profissional, um espelho para mim e para todos que conhecem sua determinação, paciência, competência e amor em tudo o que faz”. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Supermercado Godoy
Clínica Savi

Publicidade

Daiane Mazarin Estética
JVR Segurança
Rede Sete Supermercado

PIBIC/UniFAI

O objetivo do PIBIC/UniFAI é promover oficialmente a participação de estudantes de graduação com bom rendimento acadêmico nas diversas áreas ou linhas de pesquisa. “Para isso, tais estudantes devem apresentar um plano de trabalho com mérito técnico-científico, orientado por professores, no mesmo formato e adotando os mesmos critérios do PIBIC conveniado entre UniFAI e CNPq (PIBIC/CNPq/UniFAI)”, diz o edital.

O Programa de Incentivo “Iniciação Científica” prevê a remuneração de três autores de projetos com uma bolsa de R$400 em cada Departamento da instituição. Os candidatos com Projetos de Pesquisa contemplados com a bolsa de IC estarão automaticamente inscritos no programa, podendo desenvolver a proposta apresentada.

“Os autores receberão um certificado do Programa PIBIC/UniFAI ao final do desenvolvimento do projeto se cumprirem todos os requisitos”, finaliza o documento.

Em caso de dúvidas, as principais investigadoras são a graduanda de Enfermagem Larissa Emanuela e a orientadora Prof.ª Franciele. É possível entrar em contato com a coordenação do curso e Departamento de Pós-Graduação e Pesquisa da UniFAI pelo (18) 3502-7010 ou e-mail coordenfermagem@fai.com.br.

Publicidade

Nativa FM Adamantina
93 FM Adamantina
Radio Brasil FM
Insta do Siga Mais

Publicidade

Cinema