Educação

Estão abertas as inscrições para cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do 2º semestre

EJA é aberto para estudantes com idade mínima de 15 anos; retorno das aulas ocorre dia 31 de julho.

Por: Secretaria Estadual de Educação atualizado: 21 de julho de 2019 | 10h42
EJA cumpre mais do que o papel de completar o estudo, pois reforça a independência e cidadania de cada indivíduo (Imagem: Secretaria Estadual de Educação). EJA cumpre mais do que o papel de completar o estudo, pois reforça a independência e cidadania de cada indivíduo (Imagem: Secretaria Estadual de Educação).

Jovens e adultos fora da idade escolar que desejam retomar os estudos ainda podem se inscrever para as aulas do segundo semestre na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas da rede estadual de São Paulo. A informação é da Secretaria Estadual de Educação.

Segundo divulgado no site do órgão, o cadastro de interessados pode ser feito em qualquer escola da rede estadual, mas não necessariamente as aulas ocorrem na unidade de cadastro. Para realizar a inscrição, o candidato deve apresentar documento de identidade (certidão de nascimento e RG), comprovante de residência e, se houver, o histórico escolar.  No caso de alunos com menos de 18 anos, o cadastro deve ser feito por pais ou responsáveis.

O ciclo referente ao Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), com duração de quatro semestres, é aberto a estudantes com idade mínima de 15 anos. Já o Ensino Médio (1ª a 3ª série) é voltado a candidatos acima de 18 anos e pode ser concluído em três semestres. (Continua após a publicidade...)

Publicidade

Monalisa Adamantina
Tio Panda Adamantina
Clínica Savi
Supermercado Godoy
2019 - O ano de Super Vantagens

Publicidade

Rede Sete Supermercado
Haddad
JVR Segurança
Daiane Mazarin Estética

EJA: mais de 1,1 mil alunos na região de Adamantina

Na área da Diretoria Regional de Ensino (DRE) de Adamantina – onde estão 22 escolas estaduais com cursos de EJA -, o primeiro semestre deste ano registrou a matrícula de 1.196 alunos, dos quais 366 foram matriculados no ensino médio e 830 no ensino fundamental.

Reprodução/TV Fronteira

Esses números regionais foram revelados na manhã desta sexta-feira (19), durante o Bom Dia Fronteira, pela TV Froonteira/Globo, onde participou o supervisor de ensino da DRE de Adamantina, professor Hélio José dos Santos (assista).

Já em toda a rede de ensino de São Paulo – segundo informa o site da Secretaria Estadual de Educação – são 190 mil alunos de EJA matriculados em 1.100 escolas. Na EJA o projeto pedagógico prevê, além do currículo oficial, atividades que dialoguem com a vida profissional e cotidiano dos alunos.

Para a professora de Geografia Rosa Maria dos Santos Silva, do CEEJA de Carapicuíba, o EJA cumpre mais do que o papel de completar o estudo, mas reforça a independência e cidadania de cada indivíduo. “Ajudar essas pessoas a resgatarem sua autoestima e buscarem novas formas de voltar ao mercado me fez notar a força que temos”, afirma.

Maria das Graças, cozinheira experiente, é uma das estudantes que completou os estudos na CEEJAd e Carapicuíba. Ela retornou às salas de aula para tentar uma chance de promoção. “Não importa o quanto você saiba ou tenha aprendido dentro da cozinha, todos ainda querem o conhecimento que só vem da sala de aula”, avalia.

O início do segundo semestre na rede estadual começa no dia 31 de julho.

Publicidade

Clinica Lu Applim
Cinema

Publicidade

Insta do Siga Mais